FOTOGRAFIA

Um franco-atirador aponta para você nessas fotos, mas você não sabe

Imagens criadas pelo artista Simon Menner em 2010 voltam a ser virais

MAIS INFORMAÇÕES

Nas últimas semanas, as redes sociais compartilharam de forma recorrente vários jogos de acuidade visual, como as ilustrações que trazem pandas escondidos ou a fotografia em que 550 ovelhas se camuflam em uma paisagem de neve. Esta nova moda à la Onde está Wally? Fez com que as imagens criadas pelo artista Simon Menner voltassem a se popularizar, seis anos depois de sua publicação original. Nelas, franco-atiradores do Exército alemão se ocultam em florestas do país. É bem mais difícil encontrá-los do que nos casos anteriores, principalmente porque essas fotografias, que compõem o projeto Camouflage, não foram concebidas como um passatempo online. Embora elas tenham a intenção de constituir uma interpretação conceitual dos conflitos armados, a rede exibiu incessantemente as soluções da suposta charada.

“Não concordo com o fato de haver vídeos no YouTube que usam o meu trabalho como um jogo, mesmo que isso me pareça engraçado”, comenta o alemão, por correio eletrônico, para o Verne. Menner apresentou uma queixa contra o site de vídeos pelo fato de que alguns deles violam a propriedade intelectual de suas obras.

“Há nessas imagens franco-atiradores camuflados, mas, se eles são invisíveis, é graças ao seu enorme profissionalismo. Apontam sua arma para a câmera e, portanto, para toda pessoa que está olhando a foto”, explica Menner em seu site.

As fotografias foram feitas com apoio do Exército alemão, que permitiu que um franco-atirador trabalhasse no projeto durante todo um dia em 2010. Três anos depois, Menner decidiu ampliar o Camouflage com uma nova sessão fotográfica nos Alpes alemães.

“Em várias imagens, não há traços do franco-atirador (pelo menos não na resolução da web). Há pessoas colocando as imagens na internet com círculos vermelhos mostrando o que seria a solução, mas, mesmo assim, milhares de pessoas ainda tentam encontrar esses soldados ocultos. Que continuem procurando”, conclui o autor da série fotográfica.

Nesta imagem, é possível ver um dos soldados pouco antes de ele se fundir com a paisagem. Seu uniforme faz com que, quando esconde o rosto, seja quase impossível detectá-lo.

Para aqueles que não querem ficar na dúvida, estas imagens indicam a localização dos franco-atiradores em cada foto.

Arquivado Em: