Seleccione Edição
Login

Triatleta francês de 31 anos morre após ataque cardíaco

Laurent Vidal, quinto em Londres-2012, era casado com a vice mundial da modalidade

Morre Laurent Vidal Ampliar foto
Laurent Vidal durante uma competição.

O triatleta francês Laurent Vidal morreu na madrugada desta terça-feira, aos 31 anos, devido a uma parada cardíaca. Ele já havia sofrido um episódio parecido no ano passado, durante um treino de natação. A morte do esportista, nascido em Sète, terra também do cantor George Brassens, junto ao Mediterrâneo, aconteceu na casa onde ele morava, na localidade de Gigean (também no sul da França, perto de Montpellier).

Vidal, que havia chegado a uma final olímpica e obtido a quinta colocação na prova do triatlo da Olimpíada de Londres-2012, era o treinador e companheiro afetivo da atual vice-campeã mundial da modalidade, a neozelandesa Andrea Hewitt, com quem planejava se casar em outubro de 2016. Depois dos problemas cardíacos que sofreu no passado ano, Vidal, que passava grande parte do ano na Nova Zelândia com ela, praticamente abandonou as competições de mais alto nível.

“Laurent foi uma presença inesquecível, tocando com sua atitude positiva e incrível energia a vida de qualquer um que o tenha conhecido. Oferecia constantemente novas ideias para levar nosso esporte a um novo nível”, afirmou Marisol Casado, presidenta da União Internacional do Triatlo.

Em 2014, após sofrer a primeira parada cardíaca, Vidal disse: “O esporte é secundário para mim a partir de hoje. Adoro o triatlo, é a minha paixão, mas não é nada em comparação com a minha vida”.

“Laurent Vidal era um grande campeão. Minhas condolências à sua família e a todo o esporte francês”, disse pelo tuíte o presidente da França, François Hollande.

MAIS INFORMAÇÕES