Jogos Pan-Americanos 2015

Após vencer por 7 x 1, seleção feminina de futebol busca vaga na final do PAN

Sem Marta, time enfrenta México nesta quarta após goleada histórica contra o Equador

Cristiane na partida contra o Canadá.
Cristiane na partida contra o Canadá.Peter Power / AP

A eliminação do Brasil por 7x1 para a Alemanha na Copa do Mundo de Futebol de 2014 completou o primeiro ano demonstrando seu tamanho monumental: no dia 8 de julho de 2015, programas de tevê, redes sociais e conversas de bar giraram em torno do mesmo trauma. Quis o destino que, uma semana depois, o fatídico 7x1 se repetisse, mas desta vez a favor do Brasil. Com a goleada sobre o Equador, a seleção brasileira feminina lembrou ao país que disputa os Jogos Pan-Americanos de Toronto, e que tem boas chances de levar o ouro.

Mais informações

Muito menos badalado que a seleção de Dunga, o time de futebol feminino comandado por Vadão tenta a terceira medalha dourada do Brasil na modalidade em pan-americanos (o futebol feminino é disputado desde 1999 nos jogos continentais), pouco menos de um mês depois de ser eliminado precocemente, nas oitavas-de-final, da Copa do Mundo do Canadá pela Austrália.

Sem a estrela do time, já que a craque Marta teve de voltar para a Suécia, onde defende o Rosengard, o Brasil deposita suas fichas em Cristiane, atacante que não marcou nenhuma vez na Copa do Mundo, mas que fez cinco dos sete gols da goleada diante do Equador na semana passada.

Desde então, as jogadoras brasileiras, que haviam estreado nos Jogos Pan-Americanos com uma vitória por 3x0 contra a Costa Rica, também bateram o anfitrião Canadá por 2x0, se classificando em primeiro lugar no grupo B. Nesta quarta-feira, o Brasil enfrenta o México na semifinal às 18h35 (horário de Brasília, transmissão da Record e da Sport TV) e, se ganhar, encara o vencedor de Canadá e Colômbia. Atuais campeãs mundiais de futebol feminino, as norte-americanas optaram por não disputar o torneio pan-americano neste ano.

Mais informações