Bruce Jenner

A infeliz piada de Clint Eastwood sobre Caitlyn Jenner

Comentário irônico do ator e diretor sobre a ex-atleta será censurado em premiação

O ator, diretor e produtor Clint Eastwood.
O ator, diretor e produtor Clint Eastwood.cordon press

Já é conhecido o peculiar humor de Clint Eastwood quando sobe a um palco e sua facilidade para provocar polêmica. Depois daquele episódio de clube da comédia de mau gosto que protagonizou com uma cadeira vazia em uma convenção republicana há alguns anos, o ator e diretor fez neste fim de semana uma brincadeira infeliz e polêmica sobre Caitlyn Jenner, que na semana passada revelou ao mundo sua nova identidade como mulher na revista Vanity Fair.

MAIS INFORMAÇÕES

Durante a gravação da cerimônia do Guys Choice Awards, no último sábado, Eastwood teria de apresentar o ator Dwayne Johnson, também conhecido como The Rock (A Rocha), e o fez comparando-o com outros ex-atletas que direcionaram suas carreiras para a interpretação, como “Jim Brown e Caitlyn Alguém”. A piada foi recebida pelo público com caras feias e nenhuma risada, segundo noticiou a imprensa norte-americana, que também afirma que o diretor, de 85 anos, contou que já sabia que a suposta brincadeira não iria ser bem aceita, pois fez comentários sobre ela com os produtores da cerimônia antes de ir para o palco.

A já famosa capa come da 'Vanity Fair' USA com Caitlyn Jenner.
A já famosa capa come da 'Vanity Fair' USA com Caitlyn Jenner.

Depois do alvoroço causado, a Spike TV, a rede que fez a gravação e transmitirá essa cerimônia, informou ao jornal USA Today que “será cortada a referência [a Caitlyn Jenner]” na versão que o público verá no dia 18 de junho. Uma novidade para eles, já que anunciam o evento de premiação como uma cerimônia “sem filtros e imprevisível”.

Embora a resposta dos famosos tenha sido em geral positiva e de apoio a Jenner, o comentário de Clint Eastwood não foi o único pouco sensível. Entre todos, o rapper Snoop Dogg se sobressaiu ao chamar a ex-atleta olímpica de “um projeto de ciências” em sua conta no Instagram. Outros, como o cantor Drake Bell ou o filho de Tom Cruise, Connor, também fizeram comentários em suas redes sociais que, depois, os levaram a fazer ressalvas ou até mesmo pedir desculpas.

Ao mesmo tempo que a polêmica irrompia, era divulgado o próximo projeto de Clint Eastwood como diretor. Aos 85 anos recém-completados, e depois de um dos maiores êxitos comerciais (e também polêmicos) de sua carreira, o diretor rodará Miracle on the Hudson, adaptação das memórias do piloto Chelsey Sullenberg, que evitou uma tragédia aérea.

Arquivado Em: