Saúde

Comprovado: o espelho não mente

Novo algoritmo pode calcular a idade de uma pessoa somente pela imagem do rosto

Modelos de rostos em 3D usados na pesquisa.
Modelos de rostos em 3D usados na pesquisa.

Envelhecer não é fácil, mas é ainda mais difícil escondê-lo. Por mais que alguém passe horas na academia, se torture à base de saladas insossas e dilapide sua fortuna em cirurgias plásticas, o espelho continua dizendo a verdade, e os demais continuam vendo-a em nossa cara. A verdade é desesperadora. Jing-Dong Han e seus colegas do Laboratório de Biologia Computacional de Xangai descobriram por que, e criaram um algoritmo de reconhecimento facial que adivinha a idade de qualquer pessoa com margem de erro menor do que o desejável e sem deixar-se enganar por um lifting, ou meia dúzia deles.

A idade facial se tornou um indicador melhor da saúde do indivíduo do que as análises de sangue

As máquinas podem analisar centenas de parâmetros geométricos de forma simultânea, mas Han e sua equipe determinaram empiricamente que existem quatro medidas da estrutura facial que são fatalmente delatoras. Três delas crescem com a idade: a amplitude da boca, a largura do nariz e a distância entra a boca e o nariz. E a quarta diminui: a latitude entre as comissuras dos olhos. Certamente os cirurgiões plásticos tentarão algum dia dissimular essas medidas, mas no momento parecem muito ocupados reparando olheiras, retirando papadas e inchando lábios. Os resultados foram apresentados na Cell Research, uma publicação científica do grupo Nature.

A intenção dos pesquisadores chineses não é, entretanto, arruinar as corporações estéticas. Seu trabalho é motivado pela necessidade de encontrar um marcador do envelhecimento simples e confiável “para avaliar os riscos das doenças associadas à idade”, dizem. Repetindo que o rosto é o espelho da alma, quase nos esquecemos de que também é parte do corpo.

Mais informações

Han e seus colegas examinaram mais de 300 imagens faciais de pessoas entre 17 e 77 anos de idade, criando assim o primeiro mapa completo da geometria do rosto em processo de envelhecimento, e o utilizaram para construir um algoritmo de predição da “idade facial”. De acordo com seus resultados, as pessoas da mesma idade cronológica diferem em idade facial por uma margem de erro de seis anos para mais ou para menos (é um promédio: a margem é menor na primeira metade de vida, e maior na segunda).

O mais importante é que os cientistas de Xangai também pegaram amostras de sangue de todos os voluntários, e que os desvios para mais ou para menos da idade facial (em relação à real ou cronológica) correlacionam-se significativamente com os indicadores de saúde obtidos com as análises de sangue. Ainda mais: a idade facial se tornou um indicador melhor da saúde do indivíduo do que as análises de sangue. Expressando com brutalidade: se você não gosta do que vê no espelho pela manhã, é bom começar a se preocupar mesmo se o colesterol ruim não estiver tão ruim.

O espelho nunca mentiu, e continua sem fazê-lo. A verdadeira novidade é que a partir de agora as câmeras de segurança também não mentirão. Se você quer parecer mais jovem, entre no banco com uma máscara na cabeça: é melhor pensarem que você é um assaltante do que um velho.