Banksy faz filme sobre a faixa de Gaza e novas obras em meio a escombros

Trabalhos incluem um gato, porque “na internet as pessoas só olham fotos de gatinhos”

O grafiteiro britânico Banksy publicou nesta quarta-feira no Youtube este vídeo sobre a Faixa de Gaza, intitulado Make this the year YOU discover a new destination (“faça deste o ano em que VOCÊ descobrirá um novo destino”). O clipe utiliza a linguagem típica das promoções turísticas para falar de Gaza, com frases como:

– “Bem distante das rotas turísticas (chega-se até lá através de uma rede de túneis ilegais).”– “Os locais gostam tanto que nunca vão embora (porque são impedidos de sair).”

– “Situado numa localização exclusiva (rodeado por um muro em três lados e por uma linha de navios armados no outro)”.

– “Vigiado por vizinhos amistosos (em 2014, a Operação Margem Protetora destruiu 18.000 moradias).”

–“Há oportunidades de desenvolvimento por todo lado (desde o bombardeio não se autoriza a entrada de cimento em Gaza).”

– “Amplas possibilidades de remodelação.”

View this post on Instagram

#Banksy #Gaza

A post shared by Banksy (@banksy) on

E nesse momento aparecem as obras que Banksy fez na região palestina. O vídeo se detém no desenho de um gato, e um homem palestino comenta: “Esse gato diz ao mundo todo que não tem alegria na sua vida. Ele encontrou algo com o que brincar. E os nossos filhos?”. Em seu site, Banksy explica que desejava publicar nessa página fotos que mostrassem a destruição de Gaza, “mas na internet as pessoas só olham fotos de gatinhos”.

O vídeo termina com um grafite em um muro: “Se lavarmos as mãos no conflito entre os poderosos e os que não têm poder, ficamos do lado dos poderosos: não nos mantemos neutros”.

O artista publicou na quarta-feira no Instagram uma dessas obras feitas em Gaza, a primeira vista no vídeo.

Usuários das redes sociais identificaram a imagem como sendo uma representação de Níobe, esposa do rei de Tebas que se orgulhava dos seus numerosos filhos e zombava de Leto por só ter dois, Apolo e Ártemis, que se vingaram dessas ofensas matando os descendentes dela.

O artista abriu sua conta do Instagram na ocasião da sua viagem pelos Estados Unidos, e não a atualizava desde outubro de 2013. As demais imagens que incluímos neste artigo estão publicadas no site dele. Não se trata da primeira visita de Banksy a Gaza – em 2005 ele já havia feito dois grafites no muro que separa Israel do território.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: