O vídeo roubado de Obama na academia

Os Serviços Secretos do presidente dos EUA descartam uma falha em sua segurança depois que um hóspede de um hotel onde ele está em Varsóvia o gravou na academia

O presidente Barack Obama parece gostar de continuar com sua rotina de exercício inclusive fora de casa, até quando o cansaço prejudica seu estado de ânimo e ele deixa escapar algum bocejo ao exercitar os braços. Isso é o que se vê em um vídeo do presidente dos Estados Unidos, gravado por um celular dentro de uma academia de um hotel na Polônia. Enquanto as imagens causavam rebuliço nas redes sociais, o Serviço Secreto norte-americano amenizou a importância do ocorrido e descartou que ele seja um demostrativo de uma brecha de segurança.

Ao que parece, as imagens foram captadas por um hóspede do mesmo hotel que hospedou o presidente norte-americano durante sua visita oficial a Varsóvia nesta semana. E apesar de a gravação não ser totalmente nítida, Ed Donovan, o porta-voz do Serviço Secreto de Obama, confirmou sua autenticidade. Alheio à gravação, o presidente norte-americano se agacha para eleger o tamanho dos pesos, combina o treinamento de braços e de pernas, e corre na esteira usando uma camiseta de manga curta e fones de ouvido.

O vídeo de um Obama desprevenido fazendo sua rotina de exercícios na academia sem saber que está sendo gravado correu como pólvora na Internet e recebeu milhares de visitas (umas 70.000 no YouTube) e tem surgido em diversas conversas relacionado a todo tipo de comentários, desde os que questionam a eficiência dos agentes que protegem o presidente até os que tiram sarro do treinamento do presidente, considerado bastante simples -embora suas caretas demonstrem os esforços feitos.

Donovan explicou que não foi pedido aos hóspedes que compartilharam a academia com Obama que deixassem a sala com a chegada do presidente nem que se abstivessem de fazer fotografias. Desta maneira, o porta-voz do Serviço Secreto tirou a importância da situação, tratando-a como se fossem clientes de um restaurante fotografando o presidente enquanto ele come em um restaurante.

Essa tranquilidade provavelmente se deve ao fato de que todos os que se hospedam no mesmo hotel que o presidente norte-americano sejam obrigados a passar por um controle de segurança na entrada. Assim, Donovan assegurou que Obama não esteve em perigo em nenhum momento e que os agentes que fazem a segurança dele estavam bem próximos.

Não causa surpresa a imagem de um Obama se exercitando. Sua mulher, Michelle Obama, lidera uma campanha contra a obesidade,  e há algumas semanas ele foi protagonista de outro vídeo esportivo, na ocasião feito pela própria Casa Branca, ao lado de seu vice-presidente, Joe Biden. Juntos, os dois correram pelos corredores da mansão presidencial para conscientizar a população da importância do exercício físico.