Seleccione Edição
Login

A lixeira do Carnaval

Dezenas de pessoas mergulham nas montanhas de fantasias na procura de caríssimos materiais desperdiçados

  • Integrante da escola Estação Primeira da mangueira exausto após finalizar o desfile.
    1Integrante da escola Estação Primeira da mangueira exausto após finalizar o desfile.
  • Uma menina passeia entre as montanhas de fantasias na área de dispersão do sambódromo.
    2Uma menina passeia entre as montanhas de fantasias na área de dispersão do sambódromo.
  • Anahí Bravo, natural de Mendoza (Argentina), aguarda a dispersão das escolas para tirar as plumas das fantasias descartadas.
    3Anahí Bravo, natural de Mendoza (Argentina), aguarda a dispersão das escolas para tirar as plumas das fantasias descartadas.
  • Após os desfiles no sambódromo do Rio, muitos dos participantes jogam suas pesadas e caras fantasias. O desperdiço atrai curiosos e pessoas com menos recursos.
    4Após os desfiles no sambódromo do Rio, muitos dos participantes jogam suas pesadas e caras fantasias. O desperdiço atrai curiosos e pessoas com menos recursos.
  • Após os desfiles no sambódromo do Rio, muitos dos participantes jogam suas pesadas e caras fantasias. O desperdiço atrai curiosos e pessoas com menos recursos.
    5Após os desfiles no sambódromo do Rio, muitos dos participantes jogam suas pesadas e caras fantasias. O desperdiço atrai curiosos e pessoas com menos recursos.
  • Uma mulher aproveita os restos de uma fantasia jogada no chão do exterior do sambódromo.
    6Uma mulher aproveita os restos de uma fantasia jogada no chão do exterior do sambódromo.
  • Manoel Inácio da Costa, de Rio Grande do norte, viaja todo ano ao carnaval do Rio. Na viagem de volta, embarca no ônibus com dez enormes caixas lotadas de fantasias.
    7Manoel Inácio da Costa, de Rio Grande do norte, viaja todo ano ao carnaval do Rio. Na viagem de volta, embarca no ônibus com dez enormes caixas lotadas de fantasias.