O escritor de romances policiais Henning Mankell anuncia que sofre de câncer

O criador do inspetor Wallander conta que tem um tumor no pescoço e outro no pulmão O também dramaturgo, de 65 anos, relatará em um jornal a luta contra a doença

O escritor Henning Mankell, durante entrevista em Madri.
O escritor Henning Mankell, durante entrevista em Madri.Claudio Alvárez

O autor sueco Henning Mankell, famoso por sua série de romance policial com o inspetor de polícia Kurt Wallander como protagonista, revelou que tem câncer, conforme informa o diário britânico The Guardian. O escritor, de 65 anos, detalhou que seu estado é grave, dado que a doença se espalhou com tumores na parte posterior do pescoço e no pulmão esquerdo e que deseja documentar sua batalha contra a doença com a escritura de uma coluna em um jornal.

Mankell, em nota publicada no diário Göteborgs-Posten narra como a doença foi detectada no início deste ano e acrescenta que há suspeita de que tenha se estendido para outras partes de seu corpo. O tratamento ainda não foi determinado, continua, já que ainda faltam alguns exames. Mankell acrescenta assim mesmo que, ao escrever a coluna neste mesmo diário no qual anunciou sua doença, deseja fazer disso "a vida e não a morte" e dar voz a um sofrimento que afeta a tantas pessoas."decidi contá-lo como é a dura batalha que sempre representa". E agrega neste artigo intitulado Uma luta sob a perspectiva da morte: "Minha ansiedade é muito profunda, embora posso mantê-la sob controle".

O romancista descreve no artigo que foi a uma especialista em Estocolmo com a crença de ter uma hérnia de disco. "Quando regressei a Gotemburgo foi com o diagnóstico grave de câncer. Não lembro nada designadamente da viagem de volta, só a gratidão pela minha esposa Eva Bergman, estar comigo".

Mankell estreou como dramaturgo em 1968 e lançou seu primeiro romance 'Bergsprängaren', em 1973. Seu reconhecimento mundial chegou duas décadas depois com a primeira entrega de sua série de 12 romances protagonizados por Kurt Wallander, que foram adaptados como série de televisão na Suécia. O ator Kenneth Branagh deu vida ao personagem em uma adaptação para a televisão britânica. Casado com Eva Bergman, filha do cineasta sueco Ingmar Bergman, escreveu além disso mais de vinte romances, uma dúzia de livros infantis e é um respeitado dramaturgo em seu país. Além disso, se destaca por seu ativismo na esquerda. Mankell reparte seu tempo entre Suécia e África, onde viajou pela primeira vez há quatro décadas. Em Moçambique trabalha como diretor artístico do Teatro Avenida de Maputo.