O fim do antiamericanismo?

Ao restabelecer relações com Cuba, os Estados Unidos recuperaram a legitimidade para defender no continente inteiro valores como a liberdade de expressão, que deve vigorar na ilha e na Venezuela

História mínima do nosso futebol

Apesar de se tratar apenas de um jogo, o futebol nos recorda a dimensão lúdica da vida e nos permite um breve parênteses. 'Que ganhe o melhor' e que ele seja do nosso círculo cultural

As guerras de Paz

O combate pela liberdade foi para o Nobel mexicano uma forma de expiar seu defesa do marxismo ortodoxo. O grande poeta e ensayista teve o valor de auspiciar à opinião dissidente

A solidão dos estudantes venezuelanos

Surpreende a quantidade de usuários do Twitter que assumem o libreto do Governo de Maduro. A relação de Dilma Rousseff com Havana e Caracas é cínica e paradigmática

Histórias de Terra Quente

Neutralizar o cartel dos Templários, contra o qual lutam as milícias, requer uma coordenação inédita das forças federais, mas Michoacán precisa de uma reforma profunda que ninguém sabe como empreender

O humanismo literário de José Emilio Pacheco

Uma lembrança da trajetória do escritor que, além da poesia, do conto e do romance, cultivou a crítica literária

O copo meio cheio ou meio vazio

A visão sobre a América Latina difere conforme se olhe a partir dos Andes peruanos ou dos vulcões mexicanos Por um lado há maior maturidade, mas por outro persistem a corrupção, a criminalidade e uma perversa propensão à liderança carismática

A difícil reforma petroleira no México

O histórico de privatizações explica a oposição ao projeto de Peña Nieto, que precisa convencer o público de que desta vez a riqueza gerada chegará aos cidadãos mais necessitados

México: perigos de uma casa dividida

As reformas modernizadoras impulsionadas pelo governo são fruto de um acordo político sem precedentes. No entanto, a rejeição de uma parte dos cidadãos reflete a falta de consenso sobre o rumo do país