Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Assim será o iPhone da mudança

O novo telefone da Apple não terá margens laterais nem botão ‘home’, dedicando toda sua superfície à tela tátil

iphone 8
Vazamento de imagem de protetor de tela do novo iPhone 8 confirma a ausência de botões analógicos em sua superfície. MobileFun

Se há algo que já está fora do controle dos fabricantes de celulares é o vazamento de informações e imagens de seus aparelhos, e isso ocorre por um motivo evidente: é muito importante que cada novo modelo conte com um grande número de acessórios no momento de sua apresentação, ou pelo menos a poucas semanas dela. A Apple, a Samsung e as outras grandes empresas do mercado se veem obrigadas a entregar aos fabricantes de acessórios os planos ou moldes do novo desenho para que estes possam ir abastecendo seus estoques para o lançamento. Graças a isso conhecemos, finalmente, como será o novo e aguardado iPhone 8, que promete não decepcionar quem pedia uma mudança estética.

A fabricante de acessórios MobileFun incluiu em seu catálogo de produtos um protetor de tela para o iPhone 8. A empresa tem bastante credibilidade nas redes, já que antecipou com precisão milimétrica o aspecto do Galaxy S8 e do iPhone 7 semanas antes de sua apresentação oficial. Mas o que, exatamente, revelou a MobileFun sobre o novo iPhone?

O protetor anunciado confirmaria que a Apple, em princípio, batizará o novo modelo como “iPhone 8” e não “X”, como se especulou, embora isso, é claro, possa mudar no último momento. O que tem poucas possibilidades de mudança é o aspecto estético do aparelho: aparentemente se confirmarão as grandes mudanças de design previstas e o telefone finalmente renovará seu aspecto estético, depois de dez anos no mercado. Que ninguém espere um rompimento absoluto com o passado, isso não é costume da Apple, muito fiel à sua base de clientes, mas sim importantes novidades que o usuário habitual de um iPhone notará de imediato.

A primeira e mais importante é a eliminação quase total das margens laterais. O usuário verá uma grande tela, que deixará espaço apenas para os sensores de luz e de proximidade e para a câmera frontal. A Apple seguiria dessa maneira as tendências definidas por outras fabricantes, em especial a Samsung. Com essa eliminação, a superfície da tela aumenta notavelmente, sem que o aparelho cresça em dimensões nem peso. E o melhor é que a tela ganha espaço não só nas laterais, mas também na parte inferior, e isso nos leva a outra grande novidade do lançamento da empresa de Tim Cook: a eliminação do botão home.

Parece que o iPhone 8 será o primeiro iOS a substituir o botão ‘home’ por uma superfície multitátil, que mudaria em função do aplicativo executado

Muito se havia especulado a respeito desse importante salto no que se refere ao desenho e ao hardware do aparelho, e algumas fontes acreditavam até que a Apple não estaria preparada para isso. Mas parece que está, e o iPhone 8 seria o primeiro iOS da família a substituir o botão home por uma superfície multitátil − que mudaria em função do aplicativo em execução. Já vimos essa forma de operação na polêmica TouchBar do MacBook Pro, e agora a Apple parece ter decidido aplicá-la habilmente no iPhone, não só para ampliar a superfície do aparelho, como também para disparar as possibilidades dos desenvolvedores na hora de oferecer funções em seus aplicativos. Os rumores apontam que Apple apresentará o novo iPhone, com todo o seu conjunto de novidades, no último quadrimestre deste ano.

MAIS INFORMAÇÕES