Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Por que os AirPods estão arrasando?

O estoque dos fones sem fio da Apple está esgotado e os prazos de entrega se eternizam

AirPods iPhone 7 fones de ouvido sem fio Ampliar foto
Fones de ouvido sem fio da Apple.

Fones de ouvido. A Apple voltou a encontrar um filão em um segmento que muitos poderiam considerar esgotado, ou pelo menos com uma margem de inovação bem pequena. Por que os AirPods estão deixando o mercado louco? Não há números oficiais de vendas — geralmente, a gigante não costuma citá-los nos lançamentos —, mas, devido ao sucesso e à forte demanda, tudo indica que esses fones de 179 euros (cerca de 610 reais) estão arrasando nas lojas da empresa. As unidades disponíveis se esgotam em questão de minutos e já são “um sucesso devastador”, fazendo a empresa prometer um esforço extra na produção para atender a demanda crescente.

A Apple encontrou a fórmula para fazer com que que esse acessório se tornasse imediatamente atraente e imprescindível

É possível que a Apple não tenha fabricado os melhores fones de ouvido do mercado, mas encontrou a fórmula para fazer com que o acessório se tornasse imediatamente atraente e imprescindível. Em que medida é mais um passe de mágica da Apple e o que é realidade? Como se sabe, a empresa da maçã tem essa habilidade peculiar de tornar mágicos os produtos que apresenta em seus keynotes, mas a verdade é que com os AirPods o romance com o usuário começa a partir do momento em que ele abre o pacote. Esses diminutos fones sem fio se conectam automaticamente ao iPhone assim que a cápsula que os protege é aberta: não é necessário configurar nada.

As automatizações do produto fazem com que o áudio pare instantaneamente se o usuário tirar um dos fones e volte a ser ativado assim que é recolocado. O fabricante de Cupertino dotou esse diminuto produto de todo um avanço tecnológico a serviço do usuário de modo que ouvir música, rádio ou podcasts se tornou mais fácil do que nunca. É evidente que a Apple dedicou muitas horas de desenvolvimento a esse produto, que vai além da categoria de acessório, e isso pode ser visto em detalhes como a própria caixinha, que faz às vezes de bateria portátil e carrega os fones enquanto são transportados.

A Apple redefiniu o conceito de fones de ouvido focando na facilidade de uso e na integração com seu ecossistema

Além disso, os AirPods continuam acumulando, desde que foram lançados, críticas positivas em blogs especializados e alguns veículos começam a sugerir que poderíamos estar diante de um produto de volume de negócios muito maior do que o que se poderia pensar inicialmente para o pessoal de Cupertino. Tudo parece apontar no sentido de que a Apple acertou mais uma vez em sua corrida solitária por um produto que já existia no mercado. As hostes de Tim Cook redefiniram o conceito de fones de ouvido, centrando-se na facilidade de uso, de um lado, e na integração com o ecossistema, de outro, obtendo uma fórmula, em seu conjunto, com muito poucos rivais no mercado.

Mas o que chama a atenção nesse assunto é que, na verdade, estamos diante de uma primeira versão do produto e com todo o horizonte de melhorias diante de si em futuras versões. Será preciso esperar até o keynote seguinte do fabricante para conhecer mais detalhes sobre as vendas e a recepção do mercado, mas parece que a Apple acertou na mosca, revolucionando mais uma vez um produto já existente.

MAIS INFORMAÇÕES