Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine
Piratas do Caribe 5

Piratas cibernéticos roubam novo ‘Piratas do Caribe’ e pedem resgate à Disney

Quinto episódio da série com Johnny Depp tem estreia programada para o dia 26

Piratas do Caribe 5
Cena do trailer de ‘Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar’, com Johnny Depp e Javier Bardem.

Bob Iger, executivo-chefe da Disney, admitiu na noite de segunda-feira que um filme ainda inédito havia sido roubado do estúdio, e que os piratas informáticos haviam exigido um resgate para não espalhá-lo. Apesar de Iger não ter revelado o título, o portal Deadline apurou que se trata de Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar, quinto episódio da série produzida por Jerry Bruckheimer, com estreia mundial prevista para o próximo dia 26.

As fontes do site disseram também que os estúdios Disney, que colaboram com a investigação federal, não vão ceder à chantagem para recuperar o filme em que Johnny Depp volta a encarnar o capitão Jack Sparrow, e que tem o ator espanhol Javier Bardem no papel-título.

Seguindo o procedimento habitual nos últimos ataques, os hackers pedem um resgate de valor não revelado, mas sabidamente altíssimo, a ser pago em bitcoins (uma moeda não rastreável, com circulação exclusivamente eletrônica). Inicialmente, ameaçaram liberar cinco minutos do filme e ir soltando 20 minutos por vez, até que o pagamento seja concluído.

Hector Monsegur, diretor da Rhino Security Labs, hacker e atual assessor do FBI, disse que o mais difícil para as autoridades em casos assim é atribuir a autoria do crime. “Quase impossível, porque há vários hackers de todas as partes do mundo que têm diversas técnicas para ocultar seu rastro na rede”, afirmou. Além disso, Monsegur explica que “o hacker pode ser egípcio e utilizar software russo e fazer parecer que sua identidade é russa, mas na verdade não”. A falha na segurança, segundo Monsegur, não seria responsabilidade da Disney, que dispõe de um bom sistema de segurança, mas sim das pequenas produtoras e distribuidoras que não têm um grande orçamento para investir em seu sistema contra hackeamentos.

Há algumas semanas, a Netflix foi vítima de um golpe similar. A empresa se negou a pagar, e agora 10 episódios da próxima temporada de Orange is the New Black estão disponíveis para serem baixados no site The Pirate Bay. A estreia estava prevista para 9 de junho.

A franquia Piratas do Caribe já faturou quase 12 bilhões de reais nas bilheterias do mundo desde que o lançamento do primeiro filme, em 2003. Não há cálculos estimados sobre como essa manobra dos hackers poderia afetar os lucros do quinto episódio.

MAIS INFORMAÇÕES