Waldir Maranhão recua e revoga sua decisão de anular impeachment

Presidente interino da Câmara teme ser expulso do PP. Deputados tentariam derrubar medida

Renan Calheiros ignora Câmara e mantém votação sobre afastamento de Dilma para quarta

Waldir Maranhão anula anulação do impeachment Ampliar foto
Anulação da votação Impeachment  Dilma em cerimônia em Brasília nesta segunda. AFP
São Paulo / Brasília

O presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA) anulou a votação do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados nesta segunda-feira. No Senado, contudo, o presidente Renan Calheiros (PMDB-AL) chamou decisão de "brincadeira com a democracia" e decidiu dar continuidade ao rito do impeachment na Casa. Com isso, a votação para a abertura do processo no Senado continua prevista para a quarta-feira (11). No início da madrugada de terça, Maranhão recuou da própria decisão e revogou a medida.

MAIS INFORMAÇÕES