Apple

Apple aposta em telas melhores e mais autonomia para os esperados iPhone 13

A empresa de Cupertino apresenta quatro smartphones e um relógio inteligente com design renovado

Imagem das câmeras do novo iPhone 13.
Imagem das câmeras do novo iPhone 13.APPLE INC. HANDOUT / EFE

Mais informações

A Apple realizou nesta terça-feira um dos eventos tecnológicos mais esperados do ano. E os protagonistas foram seus novos iPhone 13. No total, a empresa de Cupertino anunciou quatro smartphones: iPhone 13 Mini, iPhone 13, iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max. Além de terem um processador totalmente novo, os novos dispositivos se destacam por suas telas e câmeras aprimoradas, principalmente em ambientes com pouca luz.

O design do iPhone 13 é bastante semelhante ao de seus antecessores. Embora mantenham um formato quadrado com lados planos, neste caso o entalhe —a marca visível que geralmente fica no topo da tela do celular e abriga a câmera frontal— ficou um pouco menor. O tamanho das telas dos novos terminais da Apple também foi preservado. O iPhone 13 Mini tem 5,4 polegadas (13,7 centímetros); a do iPhone 13, 6,1 polegadas (15,49 centímetros); a do iPhone 13 Pro, 6,1 polegadas (15,49 centímetros); e o iPhone 13 Pro Max, 6,7 polegadas (17 centímetros).

Além disso, conforme antecipado pelos principais vazamentos, o iPhone 13 Pro e o iPhone 13 Pro Max finalmente incorporam uma taxa de atualização de 120 Hz. A taxa de atualização é o número de vezes que a tela é atualizada por segundo. Quanto mais alto for, mais suave será a rolagem entre as telas e animações. Embora isso demande mais carga de bateria. No ano passado, os principais celulares de última geração da concorrência já incorporavam taxas de atualização que chegavam a 120 Hz. Mas todos os iPhone 12 permaneceram em 60 Hz. Agora a empresa da maçã turbina seus dois terminais mais potentes.

Mas, se há algo em que o iPhone se destaca ano após ano, é na seção fotográfica. O iPhone 13 mantém o módulo quadrado da câmera na parte traseira. O iPhone 13 mini e o iPhone 13 têm dois sensores —um angular e um ultra grande angular— de 12 megapixels cada, localizados diagonalmente. Seus irmãos mais velhos, o iPhone 13 Pro e o iPhone 13 Pro Max, são um pouco mais ambiciosos.

A Apple garante que, com suas três câmeras —um sensor principal, uma teleobjetiva e uma angular ultra grande— “as fotos e os vídeos são obtidos sem tremer, mesmo que o usuário esteja se movendo.” Uma das prioridades do gigante da tecnologia nos últimos anos tem sido melhorar a fotografia em ambientes escuros. Esses terminais, além de incluir o modo noturno em todas as câmeras, possuem uma nova grande angular que oferece desempenho em baixa luminosidade até 2,2 vezes mais potente que o iPhone 12 Pro.

A Apple deseja que qualquer usuário seja capaz de imortalizar “momentos com qualidade de cinema, mesmo sem experiência profissional”. Para fazer isso, os novos iPhones incorporam um modo cinematográfico que permite que pessoas, animais de estimação e objetos sejam gravados com um efeito de profundidade e mudanças automáticas de foco. Em teoria, com este modo, o terminal pode antecipar e focar em qualquer pessoa que entre em cena.

Imagem do novo iPhone 13.
Imagem do novo iPhone 13.APPLE INC. HANDOUT / EFE

2019 foi o ano da decolagem do 5G. Países como Espanha, Japão, China, Reino Unido, Itália e Estados Unidos implantaram várias redes dessa tecnologia, que promete conexões até 100 vezes mais rápidas que as atuais. Os iPhone 12, apresentados em 2020, foram os primeiros telefones da Apple compatíveis com 5G. Os iPhone 13 também permitem seu uso. Os novos terminais incorporam o processador Apple A15 Bionic, que, segundo a empresa, é 50% mais rápido que seu concorrente direto. A bateria costuma ser um dos aspectos com espaço para melhorias desses telefones. A Apple agora promete mais autonomia. Por exemplo, garante que o iPhone 13 dure duas horas e meia a mais do que o iPhone 12.

O iPhone 13 e o iPhone 13 Mini estarão disponíveis em rosa, azul, azul meia-noite, branco estrela e vermelho em três modelos —128 GB, 256 GB e 512 GB de armazenamento. O preço do iPhone 13 Mini começa a partir de 6.599 reais e o do iPhone 13, a partir de 7.599 reais. O iPhone 13 Pro pode ser adquirido a partir de 9.499 reais e o iPhone 13 Pro Max, a partir de 10.499 reais. este dois últimos estarão disponíveis em quatro acabamentos: grafite, ouro, prata e azul alpino. Os modelos ainda não têm data para chegar ao Brasil.

O CEO de Apple, Tim Cook, diante do Apple Watch Series 7
O CEO de Apple, Tim Cook, diante do Apple Watch Series 7 APPLE INC / Reuters

Novo relógio inteligente

Além do esperado iPhone, a Apple também apresentou o Apple Watch 7. O relógio tem um novo design. Suas bordas são 40% mais finas e sua tela é maior. A empresa de Cupertino garante que é possível exibir 50% mais texto do que no Apple Watch 6. Em tese, o aparelho tem bateria de 18 horas e carrega 33% mais rápido que seu antecessor. O dispositivo estará disponível em cinco cores diferentes a partir de 399 dólares no final do ano. “Curiosamente, não há data de lançamento. Tem havido atrasos na produção“, indicou no Twitter Mark Gurman, o informante por excelência de tudo o que se cozinha nos bastidores da Apple.

O relógio virá com novos recursos para entusiastas do ciclismo, graças ao sistema operacional watchOS 8. O relógio usa algoritmos avançados para analisar dados de GPS, frequência cardíaca, acelerômetro e giroscópio, detectar quando você começa a andar e, se ainda não o fez, sugerir iniciar um treino. O dispositivo também adiciona novos modos de esportes, como meditação e pilates.

Apoie a produção de notícias como esta. Assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$

Clique aqui

Inscreva-se aqui para receber a newsletter diária do EL PAÍS Brasil: reportagens, análises, entrevistas exclusivas e as principais informações do dia no seu e-mail, de segunda a sexta. Inscreva-se também para receber nossa newsletter semanal aos sábados, com os destaques da cobertura na semana.

Arquivado Em:

Mais informações

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50