Seleccione Edição
Login
Tornado en Cuba
Vários residentes caminham entre os escrombros causados pelo tornado, em Havana. AFP

Forte tornado deixa três mortos em Cuba

14 fotos

Vários bairros de Havana amanheceram nesta segunda-feira entre escombros por conta de um forte tornado

  • Vários bairros de Havana amanheceram nesta segunda-feira entre escombros, depois de ser impactados na noite anterior por um forte tornado, que causou a morte de três pessoas, feriu 172 e ocasionou sérios danos materiais. Na imagem, uma mulher chora em frente aos restos de sua casa, depois do tornado, em Havana (Cuba).
    1Vários bairros de Havana amanheceram nesta segunda-feira entre escombros, depois de ser impactados na noite anterior por um forte tornado, que causou a morte de três pessoas, feriu 172 e ocasionou sérios danos materiais. Na imagem, uma mulher chora em frente aos restos de sua casa, depois do tornado, em Havana (Cuba). AFP
  • "Estamos percorrendo locais afetados pelo fenômeno atmosférico de grande intensidade em Regra", assinalou. Regra encontra-se localizado na província de Havana, na zona ocidental da ilha. Uma mulher faz sinais com a mão de sua casa, depois da passagem do tornado, em Havana.
    2"Estamos percorrendo locais afetados pelo fenômeno atmosférico de grande intensidade em Regra", assinalou. Regra encontra-se localizado na província de Havana, na zona ocidental da ilha. Uma mulher faz sinais com a mão de sua casa, depois da passagem do tornado, em Havana. AFP
  • O Instituto de Meteorologia avisava horas antes da formação no sudeste do golfo de México de "uma baixa extratropical" que poderia provocar "tormentas elétricas". Residentes de Havana observam os danos causados pelo tornado, em Havana (Cuba).
    3O Instituto de Meteorologia avisava horas antes da formação no sudeste do golfo de México de "uma baixa extratropical" que poderia provocar "tormentas elétricas". Residentes de Havana observam os danos causados pelo tornado, em Havana (Cuba). AP
  • O tornado surgiu de uma esperada tempestade que já afetava a zona oeste de Cuba, com ventos de até 100 quilômetros por hora. Na imagem, um homem passa ao lado de um carro destroçado pelo tornado, em Havana.
    4O tornado surgiu de uma esperada tempestade que já afetava a zona oeste de Cuba, com ventos de até 100 quilômetros por hora. Na imagem, um homem passa ao lado de um carro destroçado pelo tornado, em Havana. AFP
  • O especialista do Instituto de Meteorologia (Insmet) Armando Caymares explicou à imprensa oficial que "as pessoas sentiram como o som de um avião de propulsão a jato e mudanças na pressão ambiental". Na imagem, membros dos serviços de emergência cuidam de uma mulher junto a seu filho, depois do impacto de um tornado no bairro de Luyano, em Havana (Cuba).
    5O especialista do Instituto de Meteorologia (Insmet) Armando Caymares explicou à imprensa oficial que "as pessoas sentiram como o som de um avião de propulsão a jato e mudanças na pressão ambiental". Na imagem, membros dos serviços de emergência cuidam de uma mulher junto a seu filho, depois do impacto de um tornado no bairro de Luyano, em Havana (Cuba). AFP
  • Um morador de Havana observa os estragos causados pelo tornado.
    6Um morador de Havana observa os estragos causados pelo tornado. AFP
  • Em vários bairros a energia já era cortada antecipadamente por precaução, mas ia sendo reposta à medida que as condições melhoravam. Na imagem, uma mulher observa os danos causados a uma casa em Havana, depois do tornado.
    7Em vários bairros a energia já era cortada antecipadamente por precaução, mas ia sendo reposta à medida que as condições melhoravam. Na imagem, uma mulher observa os danos causados a uma casa em Havana, depois do tornado. EFE
  • O tornado, que deixou grande parte da capital cubana sem eletricidade, provocou "a queda de árvores, postes, rompimento de portas e janelas", bem como "danos em tetos de casas", segundo meios locais. Na imagem, vista geral de escombros no meio de uma rua de Havana, depois do tornado.
    8O tornado, que deixou grande parte da capital cubana sem eletricidade, provocou "a queda de árvores, postes, rompimento de portas e janelas", bem como "danos em tetos de casas", segundo meios locais. Na imagem, vista geral de escombros no meio de uma rua de Havana, depois do tornado. AFP
  • As zonas oeste de Cuba afetadas são as províncias de Pinar del Rio, Artemisa e Mayabeque. A tempestade avançava para o centro do país, mas com menor intensidade, segundo especialistas. O tornado deixou numerosos estragos nos edifícios da capital cubana; na imagem, um casal conversa em sua casa sem janelas.
    9As zonas oeste de Cuba afetadas são as províncias de Pinar del Rio, Artemisa e Mayabeque. A tempestade avançava para o centro do país, mas com menor intensidade, segundo especialistas. O tornado deixou numerosos estragos nos edifícios da capital cubana; na imagem, um casal conversa em sua casa sem janelas. AP
  • Na imagem, vários moradores saem à rua para avaliar os danos causados pelo tornado.
    10Na imagem, vários moradores saem à rua para avaliar os danos causados pelo tornado. AFP
  • Membros dos serviços de emergência ajudam uma mulher e seu filho, depois do impacto de um tornado no bairro de Luyano, em Havana (Cuba).
    11Membros dos serviços de emergência ajudam uma mulher e seu filho, depois do impacto de um tornado no bairro de Luyano, em Havana (Cuba). AFP
  • De acordo com o Insmet, a passagem de tornados pela capital cubana não é um fenômeno cotidiano. Um dos mais lembrados é o do 26 de dezembro de 1940, que causou estragos na cidade de Bejucal. Na imagem, vários residentes caminham entre os escombros causados pelo tornado, em Havana.
    12De acordo com o Insmet, a passagem de tornados pela capital cubana não é um fenômeno cotidiano. Um dos mais lembrados é o do 26 de dezembro de 1940, que causou estragos na cidade de Bejucal. Na imagem, vários residentes caminham entre os escombros causados pelo tornado, em Havana. AFP
  • Vizinhos observam um carro virado por um tornado, em Havana (Cuba).
    13Vizinhos observam um carro virado por um tornado, em Havana (Cuba). EFE
  • Em 2017, o poderoso furacão Irma castigou 12 das 15 províncias cubanas, deixando 13.185 milhões de dólares de danos em casas, instalações de saúde, escolas, hotéis, redes elétricas e cultivos. Na imagem, os serviços de emergência vão à zona afetada pelo tornado, em Havana.
    14Em 2017, o poderoso furacão Irma castigou 12 das 15 províncias cubanas, deixando 13.185 milhões de dólares de danos em casas, instalações de saúde, escolas, hotéis, redes elétricas e cultivos. Na imagem, os serviços de emergência vão à zona afetada pelo tornado, em Havana. AFP