Seleccione Edição
Login
chalecos amarillos
AFP

Nova jornada de protestos dos ‘coletes amarelos’, em imagens

17 fotos

Quase 90 pessoas foram presas neste sábado na França, 75 delas na capital, durante o último dia de manifestações, no nono fim de semana consecutivo de protestos

  • Quase 90 pessoas foram presas neste sábado na França, 75 delas na capital, durante uma nova jornada de mobilizações do movimento dos 'coletes amarelos', no nono fim de semana consecutivo de protestos. Na imagem, policiais antidistúrbios montam guarda durante a manifestação do movimento próximo ao Arco do Triunfo, em Paris.
    1Quase 90 pessoas foram presas neste sábado na França, 75 delas na capital, durante uma nova jornada de mobilizações do movimento dos 'coletes amarelos', no nono fim de semana consecutivo de protestos. Na imagem, policiais antidistúrbios montam guarda durante a manifestação do movimento próximo ao Arco do Triunfo, em Paris. REUTERS
  • Ao todo, o Ministério do Interior calcula que participaram dos protestos por todo o país cerca de 32.000 pessoas, 8.000 delas em Paris. Na imagem, agentes de polícia prendem um manifestante em Marselha.
    2Ao todo, o Ministério do Interior calcula que participaram dos protestos por todo o país cerca de 32.000 pessoas, 8.000 delas em Paris. Na imagem, agentes de polícia prendem um manifestante em Marselha. AFP
  • O número de participantes dos protestos aumentou em relação a semana passada, quando 26.000 pessoas foram às ruas. No sábado 8 de dezembro, a polícia francesa realizou cerca de 2.000 detenções. Na imagem, manifestantes em Nantes.
    3O número de participantes dos protestos aumentou em relação a semana passada, quando 26.000 pessoas foram às ruas. No sábado 8 de dezembro, a polícia francesa realizou cerca de 2.000 detenções. Na imagem, manifestantes em Nantes. EFE
  • Movimento durante a manifestação nas proximidades do Arco do Triunfo em Paris.
    4Movimento durante a manifestação nas proximidades do Arco do Triunfo em Paris. REUTERS
  • Os primeiros confrontos entre agentes antidistúrbios e manifestantes começaram com o lançamento de pedras e de bombas de gás lacrimogêno no entorno do Arco do Triunfo, em Paris, na tarde de sábado.
    5Os primeiros confrontos entre agentes antidistúrbios e manifestantes começaram com o lançamento de pedras e de bombas de gás lacrimogêno no entorno do Arco do Triunfo, em Paris, na tarde de sábado. EFE
  • Além do protesto na capital, uma mobilização importante foi realizada em Bourges, no centro do país. Na cidade com menos de 70.000 habitantes, cerca de 5.000 pessoas se reuniram na manhã de sábado, apesar da proibição da Prefeitura de qualquer tipo de manifestação.
    6Além do protesto na capital, uma mobilização importante foi realizada em Bourges, no centro do país. Na cidade com menos de 70.000 habitantes, cerca de 5.000 pessoas se reuniram na manhã de sábado, apesar da proibição da Prefeitura de qualquer tipo de manifestação. AFP
  • A cidade estava na mira dos agentes de polícia após uma campanha na Internet para converter o local em palco de um protesto massivo para simbolizar o mal-estar da "França provincial" frente à capital. Em Bourges foram detidas 17 pessoas.
    7A cidade estava na mira dos agentes de polícia após uma campanha na Internet para converter o local em palco de um protesto massivo para simbolizar o mal-estar da "França provincial" frente à capital. Em Bourges foram detidas 17 pessoas. EFE
  • Os choques com a polícia em Bourges começaram na mesma hora que os de Paris, com a queima de parte do mobiliário urbano. Na imagem, manifestantes atiram para o ar um boneco que representa o presidente francês Macron, durante manifestação em Niza.
    8Os choques com a polícia em Bourges começaram na mesma hora que os de Paris, com a queima de parte do mobiliário urbano. Na imagem, manifestantes atiram para o ar um boneco que representa o presidente francês Macron, durante manifestação em Niza. AFP
  • O primeiro-ministro francês, Edouard Philippe, anunciou segunda-feira passada que o Governo apresentará uma "nova lei" para endurecer as multas contra os manifestantes em resposta às mobilizações dos 'coletes amarelos'
    9O primeiro-ministro francês, Edouard Philippe, anunciou segunda-feira passada que o Governo apresentará uma "nova lei" para endurecer as multas contra os manifestantes em resposta às mobilizações dos 'coletes amarelos' AFP
  • A nova legislação contemplará penas mais duras para delitos de vandalismo e para os protestos não comunicados, uma prática habitual dos 'coletes amarelos'. "Se queremos defender a liberdade de manifestação (...) teremos que desenvolver nossas leis e completar nossa legislação", apontou Philippe em uma entrevista para a cadeia de televisão TF1.
    10A nova legislação contemplará penas mais duras para delitos de vandalismo e para os protestos não comunicados, uma prática habitual dos 'coletes amarelos'. "Se queremos defender a liberdade de manifestação (...) teremos que desenvolver nossas leis e completar nossa legislação", apontou Philippe em uma entrevista para a cadeia de televisão TF1. AFP
  • "O Governo está a favor de que nossa lei seja emendada e castigue quem não respeite a obrigação de declaração" [antecipada de manifestação], indicou o primeiro-ministro Edouard Philippe.
    11"O Governo está a favor de que nossa lei seja emendada e castigue quem não respeite a obrigação de declaração" [antecipada de manifestação], indicou o primeiro-ministro Edouard Philippe. REUTERS
  • Philippe lembrou ainda que foram emitidas mais de mil condenações e 5.600 ordens de vigilância e custódia desde o início das mobilizações dos 'coletes amarelos'. "Não podemos aceitar que pessoas se aproveitem destas manifestações para romper, saquear, desafiar às instituições", afirmou.
    12Philippe lembrou ainda que foram emitidas mais de mil condenações e 5.600 ordens de vigilância e custódia desde o início das mobilizações dos 'coletes amarelos'. "Não podemos aceitar que pessoas se aproveitem destas manifestações para romper, saquear, desafiar às instituições", afirmou. AFP
  • Um manifestante sustenta um cartaz com a frase "Revolução: policiais corruptos" em frente aos agentes antidistúrbios durante a manifestação em Estrasburgo.
    13Um manifestante sustenta um cartaz com a frase "Revolução: policiais corruptos" em frente aos agentes antidistúrbios durante a manifestação em Estrasburgo. AFP
  • 'Coletes amarelos' ajudam a uma pessoa atingida pelo canhão de água durante o protesto na região do Arco do Triunfo, em Paris.
    14'Coletes amarelos' ajudam a uma pessoa atingida pelo canhão de água durante o protesto na região do Arco do Triunfo, em Paris. AFP
  • Dois manifestantes são presos em Mantes-la-Jolie.
    15Dois manifestantes são presos em Mantes-la-Jolie. AFP
  • Agentes antidistúrbios durante a manifestação em Paris.
    16Agentes antidistúrbios durante a manifestação em Paris. AFP
  • Um manifestante mostra seu colete amarelo com a inscrição "Macron, você está perdendo a cabeça. Lembre-se de 1789" durante a marcha em Paris.
    17Um manifestante mostra seu colete amarelo com a inscrição "Macron, você está perdendo a cabeça. Lembre-se de 1789" durante a marcha em Paris. AFP