Seleccione Edição
Login
museo del cine hollywood
Projeto de uma das salas do futuro museu da Academia em Los Angeles

Os primeiros esboços do museu do cinema de Hollywood

8 fotos

A Academia dos Oscar anuncia a conclusão da maior parte das obras do espaço, que será inaugurado no final de 2019 com uma retrospectiva sobre o cineasta Hayao Miyazaki

  • Nesta semana, a Academia de Cinema de Hollywood apresentou pela primeira vez os esboços e o conceito do que será a exposição principal do futuro Museu da Academia, que será inaugurado no final de 2019. A exposição se chamará 'Onde se fazem os sonhos: uma viagem ao interior dos filmes' e começará nesta sala, onde se explicam as origens do cinema
    1Nesta semana, a Academia de Cinema de Hollywood apresentou pela primeira vez os esboços e o conceito do que será a exposição principal do futuro Museu da Academia, que será inaugurado no final de 2019. A exposição se chamará 'Onde se fazem os sonhos: uma viagem ao interior dos filmes' e começará nesta sala, onde se explicam as origens do cinema
  • A Academia reuniu objetos relacionados à história de Hollywood desde 2008 para este projeto, que foi adiado várias vezes. No museu, será possível ver coisas como a máscara usada pelo ator que interpretou o 'Alien', o único tubarão mecânico remanescente da produção de 'Tubarão' (resgatado de um ferro-velho), ou as tábuas de 'Os Dez Mandamentos' . Na imagem, os sapatos de rubi que Judy Garland usou em "O Mágico de Oz", o filme de 1939 que terá uma exposição especial no museu
    2A Academia reuniu objetos relacionados à história de Hollywood desde 2008 para este projeto, que foi adiado várias vezes. No museu, será possível ver coisas como a máscara usada pelo ator que interpretou o 'Alien', o único tubarão mecânico remanescente da produção de 'Tubarão' (resgatado de um ferro-velho), ou as tábuas de 'Os Dez Mandamentos' . Na imagem, os sapatos de rubi que Judy Garland usou em "O Mágico de Oz", o filme de 1939 que terá uma exposição especial no museu
  • Esta é a imagem conceito da seção em que se explica o sistema de produção de filmes em série dos estúdios de Hollywood, até sua decadência. Ao longo da exposição, serão vistas peças da história do cinema que a Academia foi colecionando durante anos para o projeto, como um conjunto decorado de 'Cantando na chuva', as portas do Café Rick's de 'Casablanca' ou a máquina de escrever com a uqal se fechou o roteiro de 'Psicose'
    3Esta é a imagem conceito da seção em que se explica o sistema de produção de filmes em série dos estúdios de Hollywood, até sua decadência. Ao longo da exposição, serão vistas peças da história do cinema que a Academia foi colecionando durante anos para o projeto, como um conjunto decorado de 'Cantando na chuva', as portas do Café Rick's de 'Casablanca' ou a máquina de escrever com a uqal se fechou o roteiro de 'Psicose'
  • Outro esboço de uma futura sala do Museu da Academia, onde se explicará o impacto da guerra e do pós-guerra no cinema
    4Outro esboço de uma futura sala do Museu da Academia, onde se explicará o impacto da guerra e do pós-guerra no cinema
  • Segundo os primeiros esboços, a exposição usa a produção de '2001: Uma Odisseia do Espaço' (1968) para dedicar uma sala às aventuras espaciais
    5Segundo os primeiros esboços, a exposição usa a produção de '2001: Uma Odisseia do Espaço' (1968) para dedicar uma sala às aventuras espaciais
  • Nesta semana, a Academia anunciou que a primeira exposição temporária do futuro museu de Hollywood será uma retrospectiva sobre Hayao Miyazaki, o gênio japonês da animação. Miyazaki foi indicado ao Oscar de melhor filme de animação três vezes e ganhou em 2003 com 'A viagem de Chihiro'. Em 2014, recebeu um Oscar honorífico por toda sua carreira
    6Nesta semana, a Academia anunciou que a primeira exposição temporária do futuro museu de Hollywood será uma retrospectiva sobre Hayao Miyazaki, o gênio japonês da animação. Miyazaki foi indicado ao Oscar de melhor filme de animação três vezes e ganhou em 2003 com 'A viagem de Chihiro'. Em 2014, recebeu um Oscar honorífico por toda sua carreira
  • O Museu da Academia ficará em um edifício muito simbólico de Los Angeles, os antigos armazéns May Company. É um edifício de 1939 conhecido pelo canto arrendondado, e de um dourado brilhante. Foi remodelado por Renzo Piano
    7O Museu da Academia ficará em um edifício muito simbólico de Los Angeles, os antigos armazéns May Company. É um edifício de 1939 conhecido pelo canto arrendondado, e de um dourado brilhante. Foi remodelado por Renzo Piano AFP
  • Recriação do edifício terminado. O projeto é completamente privado e tem custo de 380 milhões de dólares (1,5 bilhão de reais) dos quais já se arrecadaram 310, segundo explicou ao EL PAÍS seu diretor, Kerry Brougher, durante a apresentação da exposição. A data de inauguração foi remarcada para o final de 2019 para se ter uma margem ante imprevistos, já que a obra é muito complexa do ponto de vista tecnológico, disse Brougher
    8Recriação do edifício terminado. O projeto é completamente privado e tem custo de 380 milhões de dólares (1,5 bilhão de reais) dos quais já se arrecadaram 310, segundo explicou ao EL PAÍS seu diretor, Kerry Brougher, durante a apresentação da exposição. A data de inauguração foi remarcada para o final de 2019 para se ter uma margem ante imprevistos, já que a obra é muito complexa do ponto de vista tecnológico, disse Brougher