Seleccione Edição
Login
Casal se abraça na entrada principal do mosteiro de San Pedro de Villanueva, em Cangas de Onís (Astúrias).
Casal se abraça na entrada principal do mosteiro de San Pedro de Villanueva, em Cangas de Onís (Astúrias).
9 fotos

Sexualidade em igrejas antigas como “para-raios” do diabo

Historiadores de arte debatem em curso o significado das figuras obscenas nas igrejas medievais

  • Mulher mostra sua vagina na colegiata de San Pedro de Cervatos (Cantabria). Um grupo de estudiosos se debruçou sobre esta e outras esculturas obscenas para tentar entender o que queria a Igreja Católica com essas imagens.
    1Mulher mostra sua vagina na colegiata de San Pedro de Cervatos (Cantabria). Um grupo de estudiosos se debruçou sobre esta e outras esculturas obscenas para tentar entender o que queria a Igreja Católica com essas imagens.
  • Homem mostra o pênis na igreja de Sequera do Freixo (Segovia). Alguns dos templos religiosos adornados com figuras obscenas foram erguidos há mais de mil anos.
    2Homem mostra o pênis na igreja de Sequera do Freixo (Segovia). Alguns dos templos religiosos adornados com figuras obscenas foram erguidos há mais de mil anos.
  • Casal se abraça na entrada principal do mosteiro de San Pedro de Villanueva em Cangas de Onís (Astúrias). Alguns especialistas acreditam que as imagens ousadas (para a época) eram uma espécie de "para-raios" dos templos, mantendo o diabo afastado.
    3Casal se abraça na entrada principal do mosteiro de San Pedro de Villanueva em Cangas de Onís (Astúrias). Alguns especialistas acreditam que as imagens ousadas (para a época) eram uma espécie de "para-raios" dos templos, mantendo o diabo afastado.
  • Homem segura o pênis na colegiata de San Martín de Elines (Cantabria). A maioria dos estudiosos do assunto acredita que as estátuas foram encomendas pelos bispos locais. O propósito, no entanto, ainda é incerto.
    4Homem segura o pênis na colegiata de San Martín de Elines (Cantabria). A maioria dos estudiosos do assunto acredita que as estátuas foram encomendas pelos bispos locais. O propósito, no entanto, ainda é incerto.
  • Detalhe de estátua na Colegiata de Santa Juliana, em Santillana do Mar (Cantabria). As figuras obscenas foram construídas durante o período românico, entre os séculos XI e XIII.
    5Detalhe de estátua na Colegiata de Santa Juliana, em Santillana do Mar (Cantabria). As figuras obscenas foram construídas durante o período românico, entre os séculos XI e XIII.
  • Casal faz sexo na capela de San Pedro de Tejada (Ponte-Areias, Burgos). Alguns estudiosos do tema dizem que as estátuas mostravam o que não devia ser feito.
    6Casal faz sexo na capela de San Pedro de Tejada (Ponte-Areias, Burgos). Alguns estudiosos do tema dizem que as estátuas mostravam o que não devia ser feito.
  • Imagem na igreja de Santa María de Uncastillo (Saragoça) mostra um clérigo abraçando uma mulher.
    7Imagem na igreja de Santa María de Uncastillo (Saragoça) mostra um clérigo abraçando uma mulher.
  • Imagem de casal fazendo sexo no telhado da igreja de San Miguel de Fuentidueña (Segovia).
    8Imagem de casal fazendo sexo no telhado da igreja de San Miguel de Fuentidueña (Segovia).
  • Cena de beijo na entrada de San Pedro de Villanueva (Astúrias).
    9Cena de beijo na entrada de San Pedro de Villanueva (Astúrias).