Alto-falante inteligente da Amazon grava uma conversa particular e a envia a um contato

Empresa insiste em que os dispositivos não gravam durante todo o dia e confirma a falha

O alto-falante inteligente da Amazon.
O alto-falante inteligente da Amazon.Amazon

"Desconecte os seus dispositivos Alexa agora mesmo, você está sendo hackeada.” Com essa frase um amigo do marido de Danielle a alertou de que seu alto-falante inteligente da Amazon não estava funcionando bem. O homem telefonou para ela porque tinha recebido uma mensagem com uma gravação de uma conversa particular que Danielle tinha mantido com o marido. No começo, segundo ela mesma contou ao canal KIRO-TV, de Seattle, pensou que se tratava de uma brincadeira, mas quando ele lhe disse que sabia que tinham conversado sobre “pisos de madeira”, ela ficou atônita.

MAIS INFORMAÇÕES

O alto-falante Eco, da Amazon, com sua assistente Alexa, tinha gravado uma conversa particular e a havia enviado a um número aleatório da lista de contatos. “Eu me senti invadida. É uma total invasão de privacidade. Imediatamente, disse: ‘Nunca voltarei a ligar esse dispositivo porque não posso confiar nele”, contou Danielle à KIRO-TV. Ela havia instalado vários dispositivos Echo em todos os quartos de sua casa em Portland (Oregon). Quando ocorreu a gravação, começou a pensar em todos os riscos que pode representar ter um dispositivo na casa escutando tudo 24 horas por dia.

Um funcionário do setor de atendimento ao cliente da Amazon confirmou à Danielle que o Alexa tinha enviado o áudio a um de seus contatos, segundo informa a mídia especializada em tecnologia The Verge. Apesar de o funcionário ter se desculpado, ele não explicou o motivo do erro. A Amazon, que sempre defendeu que seus alto-falantes não gravam durante todo o dia, se viu obrigada nesta quinta-feira a dar explicações sobre: “O Echo foi ativado por causa de uma palavra em uma conversa de fundo que soava como ‘Alexa’. Depois, escutou a conversa seguinte como um pedido de ‘enviar mensagem’. Nesse momento o Alexa disse em voz alta ‘Para quem?’. O dispositivo interpretou a conversa de fundo como um nome na lista de contatos do cliente. Alexa depois perguntou em voz alta ‘(nome do contato), não? Alexa interpretou a conversa de fundo como ‘correta’”.

Levando-se em conta o quanto é improvável que todos esses fatos ocorram, a empresa afirmou que está buscando soluções: “Por mais improvável que essa série de eventos seja, estamos avaliando opções para fazer com que esse caso seja ainda menos provável”.

Vários usuários do Alexa já denunciaram o comportamento estranho do alto-falante inteligente em março de 2018. O assistente confundia palavras e frases comuns com o comando “Alexa, laugh” e ria de modo espontâneo. Enquanto alguns usuários explicaram que os ruídos eram produzidos de forma completamente espontânea, outros diziam que aconteciam quando pediam ao alto-falante que acendesse a luz. “O Echo da Amazon sozinho na cozinha às escuras, de repente surge uma repentina e horrível risada e assusta os donos”, dizia uma usuária no Twitter.

Arquivado Em: