REAL MADRID-ATLÉTICO

Koke sofre assalto à mão armada em Madri

Assaltante apontou arma para a cabeça do jogador do Atlético em um estacionamento e levou relógio avaliado em mais de 200.000 reais

Koke celebra um gol com o Atlético.
Koke celebra um gol com o Atlético.Aitor Alcalde (Getty Images)

Mais informações

O meia Koke, do Atlético de Madri, sofreu um assalto à mão armada na noite de ontem em um estacionamento no bairro de Chamberí, região central de Madri. O jogador estava manobrando o carro quando um indivíduo que o seguiu de moto até o interior do estacionamento apontou a arma para sua cabeça e roubou-lhe um relógio avaliado em 70.000 euros – cerca de 230.000 reais.

A abordagem aconteceu perto das 19h (horário de Madri) e o meia, depois do assalto, prestou queixa na delegacia do distrito onde foi roubado. Pelo modus operandi, o objetivo do ladrão era muito claro: levar o relógio, consciente de seu valor. Fontes próximas ao jogador asseguram ao EL PAÍS que o ladrão possivelmente notou o relógio em um semáforo e, a partir de então, teria perseguido a vítima até o estacionamento. “Foi um grande susto, mas ele já está tranquilo”, relataram as mesmas fontes.  

Koke treinou esta manhã junto ao resto de seus companheiros no centro de treinamentos do Atlético em preparação para o clássico contra o Real Madrid, neste sábado, no Santiago Bernabéu. A princípio ele formará o meio-campo ao lado de Saúl, Gabi e Carrasco.