Verne

Ficou emocionado com o urso acariciando um cachorro? Pois a história acabou mal...

O dono do canil alimentava os ursos polares... até que um dia deixou de fazê-lo

Na semana passada, a imagem de um urso polar acariciando um husky em um canil da província de Manitoba, no Canadá, viralizou na internet. Com oito dias de divulgação, o vídeo que registra a cena já foi visto quase cinco milhões de vezes no YouTube. Mas a história da amizade entre os animais não é bem aquilo que parece. A rede canadense CBC News revela, agora, que um dos ursos que costumavam visitar o centro Mile 5 Dog Sanctuary acabou matando um dos cachorros poucos dias depois de a gravação ter sido divulgada.

O fato foi confirmado à rede por um representante do Centro de Desenvolvimento Sustentável da região, que, depois do ocorrido, afastou dali três ursos que costumavam visitar o local. Todos os olhos estão voltados para o responsável pelo canil, Brian Ladoon, que alimentava os ursos apesar de isso ser proibido, por lei, no Canadá. Além disso, ele mantinha os cães acorrentados, o que os impedia de fugir de um eventual ataque. Ladoon confirmou à CBC News que até nove espécies de ursos polares transitavam na área. “Isso aconteceu no único dia em que não alimentamos os malditos ursos, na única noite em que não deixamos nenhum alimento do lado de fora”, lamenta agora o responsável pelos cachorros. Há uma semana, ele havia definido o encontro harmonioso entre as duas espécies registrado no vídeo como “o desejo da natureza”.

MAIS INFORMAÇÕES

"Ninguém pode matar, ferir, possuir, incomodar ou interferir numa espécie em risco de extinção, uma espécie ameaçada ou uma espécie que foi reintroduzida. Caso alguém seja descoberto alimentando de forma reiterada espécies ameaçadas, como os ursos polares, deverá enfrentar uma punição legal”, diz em nota o Centro de Desenvolvimento Sustentável de Manitoba.

Por mais que gostemos de usufruir de vídeos desse tipo na Internet, os especialistas qualificam a improvável amizade entre esses animais como uma fantasia humana. Ian Stirling, professor da Universidade de Alberta e especialista em questões ambientais, comentou à emissora noticiosa canadense que “uma relação assim entre os cães de Ladoon e os ursos polares é puramente artificial e nunca ocorreria na natureza selvagem. Jamais deveria se dar uma situação que envolva seres humanos com ursos alimentados de um modo não natural”, afirmou.

O vídeo viral

David de Meulles, o autor do vídeo viral em questão, é um guia turístico que estava trabalhando na região quando captou o momento com sua câmera, para posteriormente publicar as imagens na rede. “O urso gigantesco acabava de acordar de uma sesta e começou a acariciar o cão com doçura. Se comportava como um humano”, relatou ele na semana passada à ABC News.

O visitante achou “incrível ver um animal tão forte ser tão amável com outro tão pequeno, sendo que sua espécie é conhecida por ser predadora”. Ele também contou à emissora que uma das suas clientes foi às lágrimas ao presenciar o momento.