Seleccione Edição
Login

O arranha-céu ocupado de São Paulo

Esta antiga fábrica têxtil do centro de São Paulo é o maior imóvel ocupado do Brasil, e o segundo da América Latina

  • Vista do edifício Prestes Maia, que há seis anos é o lar de 400 famílias espalhadas entre os 22 andares desta antiga fábrica têxtil.
    1Vista do edifício Prestes Maia, que há seis anos é o lar de 400 famílias espalhadas entre os 22 andares desta antiga fábrica têxtil.
  • Tânia Regina possui uma mercearia no edifício. Na imagem, varre a parte de trás do estabelecimento, que também serve como quarto. Já está há cinco anos vivendo no Prestes Maia com sua filha.
    2Tânia Regina possui uma mercearia no edifício. Na imagem, varre a parte de trás do estabelecimento, que também serve como quarto. Já está há cinco anos vivendo no Prestes Maia com sua filha.
  • Um grupo de crianças brinca no edifício ocupado.
    3Um grupo de crianças brinca no edifício ocupado.
  • O aluguel vai para um fundo comum. Os mais pobres estão dispensados da obrigação de pagar.
    4O aluguel vai para um fundo comum. Os mais pobres estão dispensados da obrigação de pagar.
  • Os moradores devem pagar 105 reais como aluguel.
    5Os moradores devem pagar 105 reais como aluguel.
  • O porteiro controla a entrada, há chefes de andar e uma sala de administração onde são solucionadas as divergências que não puderam ser resolvidas em primeira instância.
    6O porteiro controla a entrada, há chefes de andar e uma sala de administração onde são solucionadas as divergências que não puderam ser resolvidas em primeira instância.
  • É o maior edifício ocupado do Brasil e o segundo da América Latina.
    7É o maior edifício ocupado do Brasil e o segundo da América Latina.
  • No Prestes Maia moram 400 famílias em uma república bem organizada.
    8No Prestes Maia moram 400 famílias em uma república bem organizada.
  • No censo desta antiga fábrica foram contadas 300 crianças.
    9No censo desta antiga fábrica foram contadas 300 crianças.
  • Ivanete de Araújo, líder da ocupação, leva Adrián em seus braços, de cinco anos e com uma doença nos ossos.
    10Ivanete de Araújo, líder da ocupação, leva Adrián em seus braços, de cinco anos e com uma doença nos ossos.