FC Barcelona

O Arsenal de Alexis, rival do Barça

Time de Luis Enrique medirá forças com um rival que sempre eliminou na Champions

Javier Zanetti, durante o sorteio em Nyon.
Javier Zanetti, durante o sorteio em Nyon.FABRICE COFFRINI (AFP)

O Barcelona evitou o Paris Saint Germain e a Juventus, os dois rivais que não queria ver nem pitados de ouro, mas acabou emparelhado com o Arsenal (jogos em 23 de fevereiro e 16 de março) uma equipe que está em boa forma, líder provisório do Campeonato Inglês, lotado de jogadores excelentes e sob o comando do eterno Arsene Wenger.

A escalação titular do Arsenal tem sido formada, geralmente, por Cech; Bellerín, Mertesacker, Koscielny, Monreal; Ramsey, Coquelin: Campbell, Özil, Alexis Sánchez; e Giroud. Merece destaque o protagonismo de Alexis Sánchez, ex-Barça, que se recupera de lesão, e do atacante francês Giroud, que já marcou nove gols, três a menos que o chileno que jogou no Camp Nou.

Os ingleses mostraram-se muito irregulares na Champions, mas foram capazes de derrotar em outubro o Bayern de Munique (2-0)

O espanhol Cazorla será desfalque por lesão, ausência muito importante em uma equipe que joga muito bem o futebol, embora às vezes não consiga competir como exige um torneio do tamanho da Champions. O Arsenal já perdeu para o Barça a final da Champions de 2006 e foi igualmente eliminado pelos catalães nas edições de 2009-10 (2-2, 4-1), 2010-2011 (2-1 e 3-1) e na Liga de 1999-2000 conseguiu um empate po 1 a 1 no Camp Nou foi derrotado por 4 a 2 no Emirates Stadium.

Os ingleses mostraram-se muito irregulares até agora na Champions. Foram capazes de derrotar em outubro o poderoso Bayern Munique (2-0), mas se classificaram apenas na última rodada após uma sonora vitória fora de casa por 3 a 0 sobre o Olympiacos.

“Vai ser uma eliminatória muito atraente, aberta e divertida”, previu o diretor esportivo do Barcelona, Robert Fernández.

Arquivado Em: