Seleccione Edição
Login

Atentado e sequestro no Mali

Cerca de dez homens armados invadiram um hotel de luxo da rede Radisson Blu, na capital do Mali, sequestrando 170 pessoas.

  • terrorismo em mali
    1A televisão estatal do Mali assegura que 80 dos 170 reféns mantidos no hotel da capital Bamako foram liberados. AFP
  • reféns em atentado terrorista em mali
    2Um refém liberado é escoltado pelas forças de segurança em Bamako, no Mali. AFP
  • Tropas do exército de Mali perto do Hotel Radisson em Bamako.
    3Tropas do exército de Mali perto do Hotel Radisson em Bamako. AFP
  • Na imagem, um homem é escoltado por forças de segurança depois de sair do hotel em Bamako.
    4Na imagem, um homem é escoltado por forças de segurança depois de sair do hotel em Bamako. AP Ir para a notícia
  • ataque terrorista em mali, centro de bamako
    5Uma fonte da Presidência confirmou à Reuters que havia cidadãos franceses entre os reféns. Na imagem, forças de segurança de Mali no centro de Bamako. REUTERS
  • hotel em ataque terrorista em mali
    6Varias pessoas fogem do hotel invadido. AP
  • Na imagem, tropas do exército de Mali, perto do hotel de Bamako.
    7Na imagem, tropas do exército de Mali, perto do hotel de Bamako. AFP
  • terrorismo mai
    8Forças de segurança escoltam a várias pessoas em Bamako. AP
  • O hotel Radisson de Bamako, a capital de Mali, registrou uma explosão e vários disparos nesta sexta-feira.
    9O hotel Radisson de Bamako, a capital de Mali, registrou uma explosão e vários disparos nesta sexta-feira. AFP
  • Tropas do exército de Mali
    10Tropas do exército de Mali vigiam o lado de fora do hotel de Bamako. AFP
  • ataque terrorista em mali
    11Entre as 170 pessoas sequestradas no hotel Radisson Blu de Bamako figuram cidadãos de nacionalidade francesa e chinesa e funcionários da companhia Turkish Airlines. AP