Seleccione Edição

Adolescente sírio percorre 500 quilômetros a pé com seu cachorro

Aslan é um refugiado de 17 anos que viaja com seu animal de estimação

Aslan e Rose são dois dos milhares de refugiados que percorrem um longo caminho rumo à Europa para escapar das misérias da guerra. Ambos carregam em suas costas mais de 500 quilômetros, partindo da cidade síria de Damasco. Atravessaram o Mediterrâneo e metade do continente europeu. São dois companheiros de viagem inseparáveis. Mas, quando passam, as pessoas se surpreendem. O companheiro do jovem de 17 anos é um pequeno cachorro de raça nórdica, que alegra o exílio de seu dono percorrendo o caminho a seu lado dando saltos brincalhões.

Quando perguntam a Aslan por que sua bagagem se resume a uma pequena mochila e, no entanto, carrega uma volumosa mala com o animal, a resposta é simples. "Porque amo meu cachorro. Preciso dele." Para atravessar o Mediterrâneo com o animal, o jovem até providenciou um passaporte para o cão.

As imagens foram divulgadas pela ACNUR, a agência da ONU para os Refugiados, em um vídeo que totaliza cerca de cinco milhões de visualizações na página do Facebook da organização. Aslan é apenas um dos refugiados que abandonam seus lares, mas nunca seus animais de estimação.

Debido a las excepcionales circunstancias, EL PAÍS está ofreciendo gratuitamente todos sus contenidos digitales. La información relativa al coronavirus seguirá en abierto mientras persista la gravedad de la crisis. Decenas de periodistas trabajan sin descanso para llevarte la cobertura más rigurosa y cumplir con su misión de servicio público

Si quieres apoyar nuestro periodismo puedes hacerlo aquí por 1 euro el primer mes (a partir de junio 10 euros).

Suscríbete a los hechos.

Suscríbete

MAIS INFORMAÇÕES