Seleccione Edição
Login

O homem que derrubou Darth Vader

Jeremy Bulloch interpretou Boba Fett na saga original de ‘Star Wars’

No Comic-Con 2015 em San Diego, ator relembra filmagem e um de seus maiores tropeços

O ator Jeremy Bulloch no festival Metrópole, em Gijón, junto com o personagem Darth Vader. Ampliar foto
O ator Jeremy Bulloch no festival Metrópole, em Gijón, junto com o personagem Darth Vader.

Milhares de rebeldes morreram em vão. Planetas inteiros que poderiam se salvar desapareceram. Porque houve um momento em que a Star Wars esteve a ponto de terminar, um instante em que o invencível Darth Vader, o inimigo de toda a esperança no universo, foi derrubado. Aconteceu, concretamente, quando Jeremy Bulloch pisou sem querer na sua capa. “Por sorte ainda não estávamos filmando. Tropecei, ele caiu e em seguida eu caí também”, recorda o ator, que interpretou o caçador de recompensas Boba Fett nos filmes originais da década de oitenta. Bulloch, na verdade, atribui a culpa em parte ao capacete que seu personagem usava, reduzindo drasticamente sua visibilidade.

Quem viu o filme sem muito interesse talvez não se lembre bem do personagem de Bulloch. Mas, entre os fanáticos por Star Wars, Boba Fett é uma espécie de mito. A ponto de existirem fã-clubes e páginas de homenagem no Facebook, tanto ao ator como ao personagem. Se ainda fosse preciso mais provas, há pessoas dispostas a fazer fila e pagar o equivalente a 70 reais por uma foto autografada do ator, o que de fato acontece no festival Metrópole, em Gijón (Espanha), onde esta entrevista tem lugar.

“Meu irmão, que era produtor de ‘O Império Contra-Ataca’ [o segundo filme da saga, em 1980], me disse que havia um papel para mim, e que seriam só alguns dias. Eu estava fazendo teatro e disse que não. Mas ele insistiu. Eu não tinha nem ideia do que ia acontecer”, relembra Bulloch (Market Harborough, Inglaterra, 1945), hoje um encantador gentleman britânico que em nada faz lembrar o seu desumano alter ego. Ele só começou a ter noção do que o aguardava, provavelmente, quando chegou ao set e encontrou um enorme monstro branco, um Wampa.

“Não acho que tivéssemos consciência do que a saga significaria. Eu me sinto orgulhoso por ter estado envolvido em algo que é parte da história do cinema”, diz Bulloch. Seu entusiasmo parece intacto, 35 anos depois. Pois garante não se sentir frustrado com o fato de só lhe perguntarem sobre Star Wars, apesar de ter estado em vários filmes de James Bond, serie televisivas como Doctor Who e dezenas de peças teatrais.

De fato, o ator passa um bom tempo visitando a exposição que o festival de Gijón dedica à saga, por mais que seja a “500ª” mostra que vê sobre o assunto, segundo os cálculos da esposa dele. Bulloch posa para fotos ao lado do capacete do seu personagem e depois observa, fascinado, uma reprodução da enorme nave de Jabba Hutt, que aparece no início de O Retorno de Jedi e é um dos momentos culminantes do seu personagem. “As sequências de ação quem fazia eram os dublês. Eu só tinha que sorrir”, conta, enquanto procura Boba Fett entre os bonequinhos da maquete.

Bulloch, como Boba Fett (à dir.), diante de Darth Vader, num fotograma de ‘O Império Contra-Ataca’.
Bulloch, como Boba Fett (à dir.), diante de Darth Vader, num fotograma de ‘O Império Contra-Ataca’.

Bulloch acabou passando apenas quatro dias na filmagem de O Império Contra-Ataca, suficientes para deixar seu rastro e ser convocado de novo para o terceiro filme, O Retorno de Jedi. Bulloch recorda a atmosfera muito agradável do set, o estilo conciliador e amável do diretor George Lucas, e brinca que tampouco precisou se esmerar muito. Escondido sob uma armadura, tinha de dizer apenas quatro ou cinco frases, que, além do mais, foram acrescentadas em off na pós-produção, com a voz de outro ator. Mesmo assim, Bulloch volta ao papel para resgatar uma das poucas vezes em que abria a boca. “What if he doesn’t survive?” – “e se ele não sobreviver?” –, pronuncia, com voz ameaçadora.

Só que Bulloch deve ser um dos homens que mais personagens interpretaram na saga. Além de Boba Fett, foi usado por Lucas também para o pequeno papel do tenente Sheckill, cujo ator não estava disponível. Voltaria a aparecer na pele do capitão Jeremoch Colton, no sexto e último filme em ordem cronológica, A Vingança dos Sith. E a isso se soma também a presença em vários filmes sobre o universo de Star Wars feitos por fãs.

Mas o ator não estará na nova trilogia da saga, que começa em dezembro com o sétimo capítulo, O Despertar da Força. Não o chamaram, nem ele parece ter tido vontade. Mas Bulloch ainda tem uma dívida em aberto com o universo de Star Wars: apesar de contracenar com Harrison Ford em várias sequências, conta que nunca se conheceram pessoalmente. “Ele chegava e rodávamos. Eu estava escondido atrás da minha máscara, então nunca nos falamos”. O ator espera encontrá-lo algum dia, talvez em alguma Comic-Con. “Eu lhe diria: ‘Oi, eu sou o Boba Fett'. E tenho certeza de que ele responderia: ‘Muito tempo se passou’.”

MAIS INFORMAÇÕES