Cinema

Eddie Redmayne vai estrelar o novo filme da saga Harry Potter

O ator ganhador do Oscar estará em ‘Animais fantásticos e onde habitam’

Eddie Redmayne, no último domingo.
Eddie Redmayne, no último domingo.

O mundo de Harry Potter tem um novo mago. O ator britânico Eddie Redmayne, ganhador do Oscar por sua interpretação do físico Stephen Hawking em A teoria de tudo, será o protagonista da nova saga de aventuras Animais fantásticos e onde habitam, uma extensão do universo criado por J.K. Rowling. A Warner Bros. prevê levar o filme aos cinemas em novembro de 2016.

Redmayne, de 33 anos, fará o papel de Newt Scamander, mago viajante e especialista em criaturas mágicas, que é encarregado de escrever um livro sobre os seres fantásticos. Anunciada em 2013 pela Warner Bros e a criadora do universo de Harry Potter, a franquia vai transpor para a tela grande as aventuras do fictício autor desse livro, Animais fantásticos e onde habitam, que na realidade foi escrito pela própria J. K. Rowling. Na saga, é mencionado que a obra é um dos livros didáticos usados por Harry e seus colegas em Hogwarts. Ela traz informações sobre as criaturas mágicas que povoam as páginas dos sete volumes da série.

“Eddie Redmayne emergiu como um dos atores mais aclamados e um dos talentos mais extraordinários”, assegurou Greg Silverman, presidente de produção global da companhia, em comunicado que a Warner Bros divulgou na segunda-feira. “Ele é um ator sem medo, cheio de criatividade e humanidade”, acrescentou David Yates, que dirigiu os últimos quatro filmes da saga Harry Potter e vai dirigir este projeto também.

O filme não é nem uma “prequela” nem uma sequência dos oito filmes que contaram a história de Harry Potter. A trama vai começar em Nova York, 70 anos antes dos fatos narrados na saga Harry Potter. E será a estreia de Rowling como roteirista. “Tudo começou quando a Warner Bros me procurou com a sugestão de converter Animais fantásticos e onde habitam em um filme”, explicou Rowling quando anunciou o projeto. “Depois de ter vivido tanto tempo em meu universo de ficção, me sinto muito protetora em relação a ele, e eu já sabia muito sobre Newt, de modo que acabei apresentando minha própria ideia para um filme.”