Seleccione Edição
Login

A batalha em imagens

Uma guerra entre ativistas e grandes construtoras abriu o debate urbanístico em Recife

  • Parte dos armazéns que foram demolidos pelo consórcio em 21 de maio de 2014.
    1Parte dos armazéns que foram demolidos pelo consórcio em 21 de maio de 2014.
  • Ativistas no entorno do cais Jose Estelita, antigo armazém de açúcar.
    2Ativistas no entorno do cais Jose Estelita, antigo armazém de açúcar.
  • No dia 1º de junho, um evento cultural reuniu cerca de 10.000 pessoas no cais.
    3No dia 1º de junho, um evento cultural reuniu cerca de 10.000 pessoas no cais.
  • Apresentação de Karina Buhr no Som da Rural no Ocupe Estelita, no dia 1º de junho.
    4Apresentação de Karina Buhr no Som da Rural no Ocupe Estelita, no dia 1º de junho.
  • Policiais disparam spray pimenta contra ativistas sentados no chão durante a reintegração de posse do terreno, no dia 17 de junho.
    5Policiais disparam spray pimenta contra ativistas sentados no chão durante a reintegração de posse do terreno, no dia 17 de junho.
  • Após a reintegração de posse, os ativistas montaram um novo acampamento em frente ao terreno do Cais José Estelita, debaixo da alça de acesso ao viaduto Capitão Temudo.
    6Após a reintegração de posse, os ativistas montaram um novo acampamento em frente ao terreno do Cais José Estelita, debaixo da alça de acesso ao viaduto Capitão Temudo.
  • Vanessa Azevedo e Gabriela Pereira, estudantes de 25 anos, ensinam às crianças das comunidades vizinhas como fabricar 'filtros dos sonos'. A comunidade resolveu organizar atividades e aulas para tentar que os meninos deixem de cheirar cola.
    7Vanessa Azevedo e Gabriela Pereira, estudantes de 25 anos, ensinam às crianças das comunidades vizinhas como fabricar 'filtros dos sonos'. A comunidade resolveu organizar atividades e aulas para tentar que os meninos deixem de cheirar cola.
  • As comunidades de Vila Sur I e Vila Sur II se levantam a poucos metros do novo empreendimento e já reúnem 1.200 famílias, segundo a prefeitura.
    8As comunidades de Vila Sur I e Vila Sur II se levantam a poucos metros do novo empreendimento e já reúnem 1.200 famílias, segundo a prefeitura.
  • Vista panorâmica da região onde se pretende levantar o projeto Novo Recife. À direita, as torres Gêmeas, os primeiros arranha-céus a serem construidos no bairro histórico de São José.
    9Vista panorâmica da região onde se pretende levantar o projeto Novo Recife. À direita, as torres Gêmeas, os primeiros arranha-céus a serem construidos no bairro histórico de São José.