Pablo Picasso

As curvas de Picasso

Exposição traz dezenas de obras do pintor que influenciou a arte moderna espanhola

'O pintor e a modelo', de 1963, no CCBB.
'O pintor e a modelo', de 1963, no CCBB.Paulo Whitaker (reuters)

Os quatro andares do Centro Cultural Banco do Brasil, um prédio de 1901 construído no centro de São Paulo, estão tomados pela influência de Pablo Picasso (1881-1973) na arte moderna espanhola. A exposição Picasso e a Modernidade Espanhola  -Obras da coleção do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofía traçam, em cerca de 90 obras, a trajetória do pintor espanhol por suas diversas fases até chegar ao auge de sua obra, com Guernica.

Uma das mais famosas do mundo, Guernica é um grande painel de 3,5 metros de altura por 7,8 metros de largura, feito em preto, branco e cinza, em 1937, durante a Guerra Civil Espanhola. Retratou a expressão da dor e dor horror causados pelo bombardeamento alemão no País Basco. O quadro não faz parte da exposição, mas alguns estudos e esboços sim, como Cabeça de Cavalo.

Embora o quadro original não esteja lá, pelo grau de importância de Guernica e sua influência na arte moderna da Espanha, há um andar inteiro dedicado a essa obra. São vídeos, projeções e sons que permitem que o público interaja e se aprofunde melhor na obra.

Caminhando pelos outros andares, estão, além de obras de Picasso de diferentes fases, outros quadros e esculturas de artistas que também exerceram influência sobre a arte moderna espanhola, como Dalí, Miró, Domínguez e Gris.

Mais informações

Além de Guernica, Picasso é relembrado com seus retratos de figuras femininas. Muitas de suas mulheres são as mulheres retratadas tendo o rosto como foco principal da obra. Dois narizes é uma das marcas das pinturas de Picasso. Sua Mulher sentada apoiada sobre os cotovelos (1939) deixa claro que o fundamental para o artista era a expressão facial: As cores e traços usados no rosto são bem diferentes das usadas no tronco. Poderia tratar-se até mesmo de quadros distintos, tamanha é a diferença entre as partes do desenho. Cabeça de Mulher (1910), Busto e Paleta (1932), Retrato de Dora Maar (1939) e O Pintor e a Modelo (1963) também estão expostos.

Além das mulheres, Picasso tinha uma obsessão por minotauros, retratado como seu alter ego. Esse personagem surgiu substituindo os arlequins retratados por ele até os anos 30.

O pluralismo é uma das maiores marcas de Picasso, que atravessou por fases diferentes ao longo de sua carreira, como a fase azul e a fase rosa - distintas não somente pelas cores, mas pelo sentimento que cada uma delas transmite, sendo o azul uma cor fria e que não foi escolhida à toa, já que Pablo Picasso enfrentava um período de depressão na época. O cubismo, surrealismo e o classicismo também foram representados peculiarmente ao longo da trajetória do seu trabalho.

A entrada é gratuita, mas tenha tempo para investir. Uma fila considerada curta – e aparentemente pequena, de fato – levou 50 minutos para chegar à entrada.

Todas as pinturas, gravuras e esculturas expostas vieram da Espanha, do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofía, em Madri, e são todas do período do modernismo.