Conta no Twitter faz sucesso ao criar memes a partir de obras de arte

Em 10 dias, conta tem 200.000 seguidores e já foi citada em jornais e sites do Reino Unido

Qualquer momento da sua vida pode ser explicado melhor com uma imagem de arte medieval. Especialmente se esse momento da sua vida se passa no balcão de um bar ou de uma boate. É isso que nos ensina a conta do Twitter Medieval Reactions, que em apenas 10 dias e com apenas 75 tuítes atingiu mais de 200.000 seguidores.

(Quando sua vida está desmoronando, mas você tem que sorrir, apesar da dor).

A conta é obra de Cathal Berragan, estudante da filosofia da Universidade de Warwick (Reino Unido) de apenas 19 anos. Berragan explica “que não esperava tanto sucesso. Foi uma surpresa. Acho que cresceu muito rápido porque logo os meios de comunicação a viram e falaram dela”. É verdade: Berragan postou o primeiro tuíte em 16 de março e já foi citado em jornais como The Independent, Mirror, Metro e em sites como The Daily Edge, Comedy Central, Yahoo, The Poke e, claro, Buzzfeed.

Mais informações

A conta mistura duas tendências encontradas no Twitter e no Tumblr. Por um lado, explica uma situação familiar e a junta com uma imagem que aparentemente não tem nenhuma relação, mas que ilustra perfeitamente o que sentimos no momento. Pelo outro, junta essas situações atuais com imagens de arte clássica, como fez o blog That is Priceless, e, na Espanha, El Hematocrítico de Arte, numa tendência que também chegou ao Tumblr por meio do Snapchat.

“O que talvez seja o mais original – explica Berrigan sobre o Medieval Reactions – é que associei essas imagens à cultura da bebida no Reino Unido. Parece que foi disso que gostaram mais.” Na maioria de seus tuítes há noites de fins de semana. Berragan percebeu essa preferência de seus seguidores depois dos primeiros tuítes. “Vi que estava funcionando e continuei por aí”.

(Quando seus pais não te deixam sair porque suas roupas deixam ver demais).

(Quando o táxi vai chegar em 10 minutos, e você não se aprontou). Sim, às vezes trapaceiam, e nem todos os quadros são medievais, como este, de Guido Reni.

(Quando seus amigos estão bêbados demais para a boate e você tenta negociar com os seguranças).

(Quando o DJ toca um hit).

(Quando acendem as luzes da boate e você vê com quem ficou a noite toda).

Berragan tem experiência em criar contas bem-sucedidas no Twitter: há dois anos começou com a Exam Problems, conta com 70.000 seguidores que, assim como a Medieval Reactions, faz parte da rede da The Social Chain, uma agência de marketing especializada em campanhas publicitárias nas redes sociais. Segundo diz Berragan, nessa rede há várias contas com grande número de seguidores, que retuítam entre si, o que as ajuda a crescer rapidamente.

E além de tudo, é muito engraçado.

“Parece que estou descendo a escada?”

(Outra expectativa física irrealista para adolescentes - smh - fazendo que não com a cabeça).

(Quando seu bebê parece que tem três filhos e uma hipoteca para pagar).

(Quando sua avó te dá dinheiro sem ninguém saber).

(Quando você era menor e encontrava parentes que tinha ficado séculos sem ver).

(Quando você vai ao centro e é parado pelo promotor de uma boate).

(Quando toca a música da turma na boate).

(Quando não encontra seus amigos na pista e começa a dançar sozinha).

(Quando algum dos seus amigos toma umas a mais e faz a turma toda passar vergonha).

(Quando sua ex entra na boate). Sim, é outra licença tuiteira.

(O humor na manhã de hoje).