NBA

Pau e Marc, uma abertura especial para uma partida de recordes

Oeste bate o Leste por 163-158 com recorde de anotação conjunta e Westbrook, com 41 pontos, é eleito o melhor em quadra

Pau e Marc Gasol, durante o salto inicial da partida. Atlas / Getty (atlas)

Bill Clinton, Spike Lee, Rihanna, Ethan Hawke, Beyonce, Jay Z, o Madison Square Garden, as maiores lendas vivas do basquete, Magic Johnson, Julius Erving, Kareem Abdul Jabbar, Oscar Robertson e Bill Russell, e os melhores do momento. Todos observaram com atenção o salto inicial mais midiático de todos os tempos. Pau, o irmão mais velho, ganhou. Isso com certeza é o de menos. O que importa é que ele e Marc encenaram a glória e o reconhecimento do mundo do basquete a dois jogadores europeus, dois irmãos espanhóis, de Sant Boi, Barcelona.

O fato se deu, além disso, em uma partida com recorde de anotação conjunta de pontos. O Oeste venceu por 163-158, um total de 321 pontos, que bate o recorde do ano passado em Nova Orleans. Naquele dia, a equipe do Leste ganhou do Oeste por 163-155. Russell Westbrook, apesar de não ter sido titular, foi eleito o MVP da partida. Marcou 41 pontos. Superou por um a marca de Michael Jordan em 1998 e ficou a um ponto de igualar o recorde de Wilt Chamberlain, conseguido em 1962.

Pau e Marc, Marc e Pau, dois jogadores sensacionais que, com esforço e perseverança, poliram seu enorme talento e triunfaram na meca do basquete, a NBA. Um jogador europeu nunca havia sido votado para jogar no quinteto titular de um All Star e nunca dois irmãos, europeus ou não, haviam sido titulares.

A partida foi, como quase sempre, aberta. LeBron começou com tudo, com 15 pontos no primeiro quarto, mas depois Westbrook apareceu jogando muito, com 27 pontos em menos de 12 minutos. O estilo de jogo desse tipo de encontro adapta-se muito mais aos jogadores que atuam fora do garrafão. Esse é um dos motivos para os números discretos dos Gasol. Pau contribuiu para a vitória do Leste com 10 pontos, 12 rebotes e 2 assistências em 25 minutos; Marc anotou 6 pontos, 10 rebores e 2 assistências nos mesmo 25 minutos em que esteve em quadra.

Klay Thompson tentou brilhar como vem fazendo nesta temporada com os Warriors, mas errou os primeiros sete chutes de três pontos que tentou. No Leste, Lowry também insistiu nos chutes de longa distância e errou as seis primeiras tentativas. Ainda assim, a pontuação das duas equipes chamou a atenção, com marcas nunca vistas até então. Westbrook acabou ganhando o duelo com LeBron James ao ser designado MVP e levou a Equipe da Conferência Oeste à vitória.

RESULTADOS

CONFERÊNCIA LESTE, 158 - CONFERÊNCIA OESTE, 163

Equipe do Leste: Wall (19), Lowry (10), LeBron James (30), Carmelo Anthony (14), Pau Gasol (10) –equipe inicial-; Irving (11), Hordford (8), Teague (14), Millsap (5), Korver (21), Bosh (10) e Butler (6).

Equipe do Oeste: Curry (15), Harden (28), Klay Thompson (7), Aldridge (18), Marc Gasol (6) –equipe inicial-; Westbrook (41), Durant (3), Duncan (2), Chris Paul (12), Lillard (11), Cousins (14) e Nowitzki (5).

Parciais: 36-47, 46-36, 40-39 e 36-41.

Madison Square Garden de Nova York. 17.918 espectadores.