Carnaval

Guia definitivo do carnaval paulistano

Mais de 300 blocos desfilarão pelas ruas dos quatro cantos da cidade neste ano

O ano passado ficará marcado como aquele que trouxe de volta o Carnaval às ruas de São Paulo e 2015 promete tirar ainda mais foliões de casa. Em 2014, a prefeitura da cidade estimou que cada um dos 200 blocos que desfilaram pela cidade no Carnaval reuniu cerca de 5.000 pessoas.

Neste ano, a Prefeitura recebeu a inscrição de 300 blocos que desfilam em 27 regiões diferentes da cidade. Por este site, é possível procurar o bloco por nome, região onde o desfile acontece ou data, com a programação completa.

Mesmo antes do Carnaval - a Terça-Feira Gorda neste ano cai no dia 17 de fevereiro -, as baterias já estão aquecendo. Como cinco dias são pouco, a festa pagã já começou e os blocos prometem música a partir deste final de semana.

Confira a agenda, que inclui blocos de cultura afro, rock, axé e forró e folia kids friendly:

Sexta-feira, 06 de fevereiro

Mais informações

Banda Bantantã - Fundada em 1979 por funcionários e da USP e frequentadores dos bares ao redor da Universidade, a banda faz uma brincadeira com o nome do bairro Butantã. A concentração é a partir das 16h na Avenida Waldemar Ferreira com Desembargador Armando Fairbanks, no Butantã. Grátis. 

Sábado, 07 de fevereiro

Bangalafumenga  – Em 1998 a banda surgiu no Rio de Janeiro, mas desde 2011 dá seu ar da graça em São Paulo. No Rio, atrai multidões atrás das músicas brasileiras que fazem parte do repertório. A concentração acontece na Avenida Paulo VI (continuação da Avenida Sumaré), a partir das 10h. Grátis.

Sargento Pimenta - Depois da festa fechada no Cine Joia, o bloco desfila pelas ruas de Pinheiros a partir das 15h, na Avenida Paulo VI, mesmo ponto de encontro do Bangalafumenga. Dessa vez, de graça.

Bloco Nu’interessa - O bloco se concentra na Rua Filinto de Almeida, 50, na Vila Madalena, a partir das 13h. O bloco é gratuito, mas quem comprar a camiseta – cujo valor ainda não foi divulgado e os organizadores afirmam reverter as vendas para entidades beneficentes – terão direito a bebidas e a uma atração especial, no bar Pasquim, no final do percurso.

Bloco Ciga-nos – Um coletivo de produtores e DJs, que trabalha com temática cigana deu origem ao bloco que, pelo segundo ano seguido, sairá às ruas, com concentração a partir das 16h na Praça Roosevelt. Grátis.

Me fode que eu sou produção – Produtores de cinema, teatro e outros meios culturais se reuniram para criar o bloco que é kids friendly. Para “engrossar o caldo” os organizadores pedem que o público leve seu instrumento. A partir das 15h na Praça Roosevelt. Grátis.

Bloco da Ressaca - Moradores e amigos do bairro Cambuci compõem o bloco que, desde 1984, sai com um trio elétrico e dezenas de músicos. Neste ano, o tema será "Sem eira nem beira, de ressaca na Cantareira". No Largo do Cambuci, a partir das 14h. Grátis.

Bloco Soviético - Com irreverência, os foliões anunciam a terceira edição do "bloco de Carnaval revolucionário". Os foliões saem de vermelho pelas ruas de Higienópolis e dos Jardins. "Mantendo a tradição, saímos uma semana antes do Carnaval que é pro capitalismo cair a tempo do festerê todo", diz o texto no Facebook. A partir das 16h, em frente ao Tubaína Bar, na rua Haddock Lobo, 74, Jardins. Grátis.

Bloco Orra Meu! - Criado em 2014 para resgatar a tradição Carnavalesca do bairro da Mooca, tem marchinhas e foliões fantasiados. Neste ano, o bloco receberá doações de alimentos não perecíveis para instituições de amparo à criança. A partir das 15h, na Rua Visconde de Inhomerim. Grátis.

A Ema Gemeu de Canto a Canto - Nesse bloco, criado em 2014, o estilo musical que reina é o forró. A concentração é a partir das 14h, na Avenida Brigadeiro Faria Lima, 364, Pinheiros. Grátis.

Amigos & Cia - Bloco kids friendly, reúne famílias em torno de marchinhas, confete e serpentina. A partir das 16h, na Rua Santo Amaro, Bela Vista. Grátis.

Banda da Barbearia - Para os fãs de axé, o bloco estreia no carnaval da cidade neste ano. A partir das 14h, na Rua Mateus Grou, Pinheiros. Grátis.

Domingo, 08 de fevereiro

Bloco Não serve Mestre - O bloco estreia no Carnaval da cidade a partir das 12h na Rua Rodésia, 484, na Vila Madalena. Toca marchinhas e música brasileira, pede aos foliões que cheguem fantasiados e é kids friendly. Grátis.

Acadêmicos do Baixo Augusta - Famosos e moderninhos da região da rua Augusta formam esse bloco que, no carnaval do ano passado reuniu o maior número de foliões: 40.000 pessoas. Neste ano, os acadêmicos desfilam sob o tema "Desbunde na Augusta". O horário e o percurso ainda não foram definidos. Grátis.

Quizomba - Mais um bloco carioca que divide a festa entre o Rio de Janeiro e São Paulo. Fundado há 14 anos, fará um desfile na capital paulista pela terceira vez. Músicas brasileiras de Caetano Veloso, Tim Maia e Wilson Simonal são mescladas com Nirvana e Rolling Stones, além das tradicionais marchinas e samba. A partir das 14h na Avenida Paulo VI, Sumaré. Grátis.

Cordão Carnavalesco Confraria do Pasmado - No ano passado, mais de 20.000 pessoas seguiram o bloco pelas ruas da Vila Madalena. Por causa do tamanho da multidão, o cortejo será neste ano pelas ruas de Pinheiros, na Rua Padre Carvalho com a Avenida Faria Lima. A partir das 13h. Grátis.

Quarta-feira, 11 de fevereiro

Banda do Candinho e as Mulatas - Fundada em 1981, a banda desfila todas as quartas-feiras antes do carnaval. Neste ano, fará homenagens aos teatrólogos e atores de cinema Emilio e Crys Fontana. A partir das 19h, na Rua 13 de Maio, esquina com a Rua Santo Antonio, no Bixiga. Grátis.

Quinta-feira, 12 de fevereiro

A PUC que te Pariu - Criado pelo Centro Acadêmico Leão XIII no ano passado, esse bloco marca o início 'oficial' do carnaval e reúne estudantes e ex-estudantes da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. A partir das 18h, na Rua Ministro de Godói, em frente à PUC.

Sexta-feira, 13 de fevereiro

Bloco Gonzagão - Os ritmos do forró embalam esse bloco, que se concentra às 14h no Parque Villa Lobos. O cortejo termina na escola de samba Império Lapeano. Grátis.

Antiacadêmicos do Baixo Pinheiros - O bloco se diz "no avesso dos repertórios": toca rock, brega, pagode e forró em ritmo de samba, frevo e marchinha. A partir das 22h, na Rua Belmiro Braga, em Pinheiros. Grátis.

Banda do Trem Elétrico - Fundada em 1984 por metroviários e amigos leva as cores vermelho, azul e amarelo e um pequeno metrô com vários instrumentos musicais como símbolo. A concentração é às 21h30, na Rua Augusta. Grátis.

Bloco Afro Ilú Obá De Min - O bloco é comandado apenas por mulheres, que fazem um resgate das culturas tradicionais afro-brasileiras. Durante a apresentação, diversos bonecos de perna de pau desfilam com a música. A partir das 19h30, no Viaduto do Chá, no Anhangabaú. Grátis.

Sábado, 14 de fevereiro

Bloco Tarado Ni Você – a homenagem a Caetano Veloso começa com concentração às 12h na esquina da Avenida Ipiranga com a Avenida São João. Fique de olho: O bloco é gratuito, mas, no ano passado, um cordão separava os "vips" do público comum. Não conseguimos detectar o que poderia classifica um vip de um folião qualquer.

Cordão Carnavalesco Confraria do Pasmado - A partir das 8h, o bloco faz um repeteco pelas ruas de Pinheiros. Na Rua Padre Carvalho, esquina com a Avenida Faria Lima. Grátis.

As Virgens do Minhocão - O bloco diz seguir a tradição de um "bloco de travestidos aliada com elementos do carnaval de Olinda e João Pessoa". No som, marchinhas e um hino atualizado a cada ano. A partir das 13h, no Largo Santa Cecília, Santa Cecília. Grátis.

Beat Box - Criado pelo coletivo Metanol FM, o bloco é composto de um caminhão baú que circula pela cidade carregando música e imagens apresentadas ao vivo. A cada parada, produtores e DJs se integram ao bloco em apresentações. A partir das 16h, na Avenida Paulista, 900. Grátis.

Domingo, 15 de fevereiro

Afoxé Oba Inã - O bloco retrata a cultura de matriz africana com o afoxé e as cantigas de ritmo ijexá. Foi fundado em 2011 e foca na divulgação da cultura afro. Começa às 17h na Avenida Domingo de Morais, na Vila Mariana. Grátis.

Ala Tambores de Ogum - O bloco leva para as ruas o que aprende nas aulas da Escola Curimba Tambores de Ogum, fundada em 2009 para difundir o toque e o canto umbandista. A partir das 16h, na Praça José Azevedo Antunes, na Lapa. Grátis.

Arrastão da Vila Guarani - Fundado em 1983, o bloco leva famílias e crianças pelas ruas do bairro com samba-enredo próprio e fantasias. A partir das 16h, na Rua Domingos de Santa Maria, 150, Vila Guarani. Grátis.

Beat Box - Repeteco do bloco criado pelo coletivo Metanol FM. A partir das 16h, na Avenida Paulista, 900. Grátis.

Bloco Afro Ilú Obá De Min - Repeteco do bloco, a partir das 14h, na Rua Lopes de Oliveira, Santa Cecília. Grátis.

Segunda-feira, 16 de fevereiro

Afoxé Oba Inã - O segundo desfile do bloco começa às 18h na Avenida Domingo de Morais, na Vila Mariana. Grátis.

Beat Box - Repeteco do bloco criado pelo coletivo Metanol FM. A partir das 16h, na Avenida Paulista, 900. Grátis.

Terça-feira, 17 de fevereiro

Acadêmicos da Cerca Frango - O grupo se reúne todas as terças-feiras para tomar uma cerveja. Em 2013, decidiram se reunir na terça-feira de carnaval, e assim o bloco foi criado. A concentração é às 15h30 na Rua Aimberê com a Rua Cajaíba, em Perdizes. Grátis.

Afoxé Oba Inã - O terceiro desfile do bloco é no mesmo horário e local que o segundo: Começa às 18h na Avenida Domingo de Morais, na Vila Mariana. Grátis.

Agora Vai - Nasceu em 2004 e reúne crianças e "apaixonados por carnaval". O percurso passa pelo Minhocão e tem o roxo e o amarelo como cores oficiais - as mesmas do Engov. A partir das 16h, na Rua Marta, na Barra Funda. Grátis.

Antiacadêmicos do Baixo Pinheiros - Repeteco do bloco que saiu na sexta-feira 13. A partir das 9h, na Rua Belmiro Braga, em Pinheiros. Grátis.

Beat Box - Repeteco do bloco criado pelo coletivo Metanol FM. A partir das 16h, na Avenida Paulista, 900. Grátis.

Saideira

Sábado, 21 de fevereiro

Macaco Cansado - A banda, fundada em 2012, é uma agremiação de artistas profissionais e amadores da cidade. O repertório toca músicas de autoria própria e de outros compositores brasileiros. A partir das 14h, no Beco do Batman, na Vila Madalena. Grátis.

Domingo, 22 de fevereiro

Vou de Táxi - O bloco tem no seu repertório as músicas brasileiras dos anos 90. A concentração ocorre na Rua Fidalga, na Vila Madalena, a partir das 14h e é grátis.

Acadêmicos do Parque Bristol - Criado em 1992 por amigos que desfilavam em várias escolas de samba de São Paulo. A saideira do carnaval começa às 14h, na Rua José Pinto Tavares, no Parque Bristol. Grátis.

A programação completa do carnaval 2015 pode ser vista aqui.