Cinema

Candidaturas do Globo de Ouro colocam ‘Birdman’ na frente

Filme de Alejandro González Iñárritu consegue sete indicações ‘Boyhood’ e ‘O Jogo da Imitação’ competem em cinco categorias

Michael Keaton, em 'Birdman'.
Michael Keaton, em 'Birdman'.

As candidaturas do Globo de Ouro respaldaram o que as diversas premiações norte-americanas demonstraram: Birdman e Boyhood – Da Infância à Juventude, junto com A Teoria de Tudo, Selma e O Jogo da imitação, são os filmes do ano. E o grande derrotado, até agora, o que pode mudar no Oscar, é Invencível, de Angelina Jolie. Outro dos filmes esquecidos é Interestelar, de Christopher Nolan. Na primeira hora da manhã de Los Angeles (7h da manhã de Brasília), foi lida a lista de selecionados para os prêmios concedidos pela Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood. A lista engloba tanto cinema como televisão, e no caso do cinema se divide por sua vez em comédia, musical ou drama. Os ganhadores receberão suas estatuetas em 11 de janeiro no Hotel Beverly Hills, em Los Angeles, em uma cerimônia apresentada pelo terceiro ano consecutivo por Tina Fey e Amy Poehler.

Os diretores finalistas (não existe divisão de gênero) são Wes Anderson (O grande hotel Budapeste), Ava Duvernay (Selma), David Fincher (Garota Exemplar), Alejandro González Iñárritu (Birdman) e Richard Linklater (Boyhood). Parece uma disputa entre Iñárritu e Linklater. O filme do mexicano acumula sete indicações, contra as cinco de Boyhood e as quatro da A Teoria de Tudo.

Em drama, a competição de melhor filme está entre Boyhood, Foxcatcher – Uma História que Chocou o Mundo, O Jogo da Imitação, Selma e A Teoria de Tudo. Nesse gênero, o prêmio de melhor ator é disputado por Steve Carell (Foxcatcher), Benedict Cumberbatch (O Jogo da Imitação), Jake Gyllenhaal (Nightcrawler), David Oyelowo (Selma) e Eddie Redmayne (A Teoria de tudo). Os favoritos são Redmayne e Cumberbatch – Timothy Spall, em Mr. Turner, ficou de fora, mas ainda resta o Oscar – em uma categoria que, tirando Gyllenhall, todos interpretam personagens reais. Para melhor atriz, a favorita Julianne Moore (Para Sempre Alice) enfrenta Jennifer Aniston (Cake), Felicity Jones (A Teoria de Tudo), Rosamund Pike (Garota Exemplar) e Reese Witherspoon (Wild).

MAIS INFORMAÇÕES

Em comédia ou musical, a outra grande favorita, Birdman, enfrenta O Grande Hotel Budapeste, Caminhos da Floresta, o britânico Pride e Um Santo Vizinho. Nesse gênero, o prêmio de melhor ator é disputado por Bill Murray (Um Santo Vizinho), Ralph Fiennes (O grande hotel Budapeste), Joaquin Phoenix (Vício Inerente) e Christoph Waltz (Grandes Olhos)... contra o grande favorito, Michael Keaton (Birdman). Para melhor atriz, novamente Julianne Moore (Mapas para as Estrelas), contra Quvenzhané Wallis (Annie), Helen Mirren (A Viagem dos 100 Passos), Emily Blunt (Caminhos da Floresta) e Amy Adams (Grandes Olhos). Está bem aberta.

Para coadjuvantes, que unifica os gêneros, enfrentam-se do lado masculino Robert Duvall (O Juiz), favorito nas apostas pelo tempo de serviço ao cinema, Ethan Hawke (Boyhood), Edward Norton (Birdman), Mark Ruffalo (Foxcatcher) e J.K Simmons (Whiplash - Em Busca da Perfeição); e no feminino, Patricia Arquette (Boyhood), Jessica Chastain (O Ano Mais Violento), Keira Knightley (O Jogo da Imitação), Emma Stone (Birdman) e Meryl Streep (Caminhos da Floresta).

Para melhor roteiro foram escolhidos os textos de O Grande Hotel Budapeste, Birdman, Garota Exemplar, O Jogo da Imitação e Boyhood. Para melhor trilha sonora, as partituras de Interestelar (Hans Zimmer), Birdman (Antonio Sánchez), Garota Exemplar (Trent Reznor), A Teoria de Tudo (Johann Johannsson) e O Jogo da Imitação (Alexandre Desplat). Para canção, Grandes Olhos (Lana del Rey), do filme homônimo; Glory (John Legend), de Selma; Mercy is (Patti Smith), de Noé; Opportunity (Greg Kurstin, Sia Furler e Will Gluck), de Annie, e Yellow flicker beat (Lorde), de Jogos Vorazes – A Esperança: parte 1.

Em filme de animação, a disputa está entre Operação Big Hero 6, O Livro da Vida, Os BoxTrolls, Uma Aventura Lego e Como Treinar seu Dragão 2. Finalmente, para filme de língua estrangeira: Força Maior (Suécia), Gett (Israel), Ida (Polônia), Leviatã (Rússia) e a surpresa, Mandarins (Estônia), que tomou o lugar que a priori parecia de Relatos Selvagens (Argentina).

Arquivado Em: