Cultura

O teatro ocupa as ruas

Grupos de teatro de rua realizam peças gratuitas ao ar livre em vários pontos de São Paulo

Com a ideia de espalhar cultura pelas ruas, o Movimento de Teatro de Rua de São Paulo realiza até o próximo domingo (7) a nona edição da Mostra de Teatro de Rua Lino Rojas na cidade, com a participação de 13 grupos. O evento, que conta com o apoio da Prefeitura de São Paulo, abrange o Centro, a Zona Leste e Norte da capital paulista e conta com vários espetáculos de duração média de uma hora. Além dos grupos locais, participam da programação grupos de Presidente Prudente, Içapuí (CE) e Natal (RN). A mostra é uma opção gratuita para quem busca se divertir no fim de semana, com espetáculos de classificação livre e direcionado para todos os públicos.

Os temas das peças variam desde as Força Expedicionária Brasileira na Itália durante a Segunda Guerra Mundial, passando por histórias da roça, até apresentações de saltimbancos e rodas de discussões com o público. “A Mostra dá visibilidade para os grupos de teatro de rua, não só da cidade como até de outros estados, ganharem público e levarem os espetáculos para diversos lugares de São Paulo”, explica Luara Sanches, atriz do Núcleo Teatral Filhos da Dita.

O grupo do qual ela faz parte organiza a peça A Guerra, baseada no texto do autor chileno Oscar Castro, que conta a história de três soldados na guerra que não conseguem decidir qual é o inimigo. É a primeira vez que o núcleo participa da Mostra e também a primeira que leva o espetáculo dos palcos para as ruas. “É uma oportunidade única, quando podemos ocupar as ruas com a arte”, afirma Luara.

A apresentação Trecos e Trecos, dos grupos Cervantes do Brasil, do Ceará, e do Bando La Trupe, de Natal, conta com apenas dois atores: a ideia é criar breves espetáculos chamados de “trecos”, e entre eles realizar rodas de conversas sobre temas que surgirem da apresentação, com a participação da plateia. Já Saltimbembe Mambembancos faz uma brincadeiras com o nome Saltimbancos e traz uma apresentação de artistas em penas de pau, acrobacias de solo e malabarismos, acompanhadas por música ao vivo, fazendo improvisos cômicos.

Mais informações

Organizada pelo Movimento Teatro de Rua de São Paulo, a Mostra Lino Rojas é um evento cultural gratuito e acessível, que serve para “retirar as pessoas, ainda que por alguns momentos, do ritmo urbano acelerado”, de acordo com a organização. O Movimento une diversos grupos de teatro dispostos a realizar ocupações artísticas e levar o teatro para todos os públicos. “A mostra é um marco de resistência do teatro de rua em São Paulo”, explica uma das organizadoras, Simone Brites Pavanelli.

Ela também conta que todos os espetáculos são pensados previamente levando em conta o espaço da apresentação, que normalmente é aberto e está sujeito a intervenções do público ou interferências climáticas, como chuvas. “Os grupos precisam estar preparados para o que acontece, porque o público gosta e quer participar do espetáculo”. Por isso, as peças são mais abertas em sua composição e, como é o caso de Trecos e Trecos ou Saltimbembe Mambembancos, não tem um tema definido, mas são uma composição de várias intervenções culturais.