Seleccione Edição
Login

“A capa é azul”: o meme que resume o inferno dos livreiros

Quem trabalha em livrarias se depara com perguntas inusitadas e precisa desvendar o que querem

"Não lembro o título, mas a capa é azul"
"Não lembro o título, mas a capa é azul"

Esta foto está circulando tanto no Facebook como no Twitter há alguns dias, e resume de forma certeira e bem humorada um dia de trabalho típico de uma livraria.

“A capa é azul”: o meme que resume o inferno dos livreiros

Os comentários elogiam a paciência dos livreiros e se solidarizam com o que se qualifica em tom de brincadeira de “seu pior pesadelo”. E os próprios livreiros explicam que passaram por experiências semelhantes.

Mas a foto não está sozinha e já é um meme, uma ideia contagiosa que, às vezes, como nesse caso, tem origem desconhecida. Assim, encontramos versões em livrarias e bibliotecas dos Estados Unidos. Por exemplo, na Blue Willow, de Houston, que publicou esta foto em 11 de fevereiro.

A biblioteca de Goffstown, em New Hampshire, divulgou esta fotografia em seu site em 30 de abril.

“A capa é azul”: o meme que resume o inferno dos livreiros

E há mais exemplos de outras livrarias não identificadas:

“A capa é azul”: o meme que resume o inferno dos livreiros
“A capa é azul”: o meme que resume o inferno dos livreiros

Inclusive na conta do Pinterest da Library Humor há um cartaz que presta homenagem a esse meme.

“A capa é azul”: o meme que resume o inferno dos livreiros

E sempre se faz com a cor azul? Bem, há algumas tentativas em outras cores, como o vermelho.

“A capa é azul”: o meme que resume o inferno dos livreiros

O meme não só chegou a outras cores, como também a outros idiomas, como o francês.

“A capa é azul”: o meme que resume o inferno dos livreiros

Mas é preciso levar em conta que a escolha do azul não é necessariamente arbitrária: há estudos que sugerem que essa é a cor favorita tanto de homens como de mulheres.

A lenta, mas inexorável, expansão desse meme nos faz lembrar de outra mensagem na lousa, cada vez mais frequente em bares já há algum tempo.

E sim: as dezessete primeiras vezes que lemos pareceu engraçado, mas agora já podemos acrescentar: “Não, agora é sério, qual é a senha do wi-fi? Quer dizer, a piada já está sendo feita por Paulo Coelho, estamos ficando antigos”.

Leia mais notícias em Verne.