O Barcelona oficializa o contrato de Luis Suárez por cinco temporadas

O clube azul-grená pagará cerca de 240 milhões de reais pelo atacante uruguaio

Luis Suárez posa com a camiseta do Barça.
Luis Suárez posa com a camiseta do Barça.F. C. B.

O Barcelona oficializou o contrato de Luis Suárez. O clube azul-grená chegou a um acordo com o Liverpool pelo transferência do atacante uruguaio, de 27 anos, que chegará na semana que vem à Espanha para passar exames médicos, segundo informou o clube através de seu site. A operação fechou-se por cerca de 80 milhões de euros (240 milhões de reais), a quarta transferência mais cara na história da Liga depois de Neymar (uns 100 milhões de euros), Cristiano Ronaldo (94,5) e Bale (90 segundo o Real Madrid; 101 segundo o Tottenham).

O uruguaio chega após uma grande temporada na liga inglesa. Suárez marcou 31 gols na temporada passada e fez 12 assistências em 33 partidas. Brendan Rodgers, técnico do Liverpool, tem como meta renovar o modelo, dado pelos 80 milhões que entrarão nos cofres do clube inglês, já que agora terá um amplo leque de possibilidades.

A marca da mordida de Suárez em Chiellini.
A marca da mordida de Suárez em Chiellini.

A contratação também está marcada pelo último episódio disciplinar do atacante. Suárez segue punido pela mordida que deu no italiano Chiellini, no ombro esquerdo, durante a partida da fase de grupos do Mundial contra a Itália. Era a terceira vez que o jogador mordia um rival. Em 2010, a vítima foi Bakkal, jogador do PSV Eindhoven e o castigo então foi de sete partidas na Holanda. Há duas temporadas voltou a morder a um jogador, Ivanovic, defesa do Chelsea, em um jogo da Premier League, e recebeu uma multa de 10 jogos. Nesta última ocasião a FIFA castigou-lhe com quatro meses apartado das áreas de jogo, pelo que não poderá competir até outubro. O organismo o considerou culpado de ter violado o artigo 48 do Código Disciplinar da FIFA (agressão a outro jogador) e o 57 (ofensa à desportividade contra outro jogador), e aplicou-lhe a multa desde a partida de oitavos de final.

Suárez nem sequer poderá ser apresentado no Camp Nou nem treinar com seus colegas se o castigo não for revogado.

O jogador e a Associação Uruguaia de Futebol recorreram ao máximo organismo do futebol, mas a Comissão de Apelação recusou nesta quinta-feira as apelações e confirmou "em sua totalidade" a decisão adotada pela Comissão Disciplinar. O jogador poderia recorrer agora ante o TAS, o último recurso que lhe resta para reduzir a sanção.

Arquivado Em: