Seleccione Edição
Login

O capitão, um dos primeiros a abandonar a balsa da Coreia do Sul

Novas imagens difundidas nesta segunda-feira mostram ele e sua tripulação abandonando o 'ferry boat' que naufragou há uma semana em águas sul-coreanas

Guardas costeiros na operação de resgate da balsa.

Poucos minutos depois do alerta que o capitão e os oficiais responsáveis pelo Seawol deram pelo acidente da balsa, uma lancha de resgate se aproximou da embarcação, com metade do 'ferry boat' já dentro d'água. Não havia muito movimento, mas um pequeno grupo de pessoas aguardava na proa do barco, entre eles, vestido com uma jaqueta azul marinho e sem calça, o capitão da balsa. Enquanto isso, nos camarotes e salões do barco, centenas de passageiros cumpriam as instruções da tripulação para permanecerem sentados.

As imagens foram difundidas nesta segunda-feira. A guarda costeira se defende: não sabiam quem estava subindo à lancha de resgate e que apenas cumpriram a missão de salvar vidas. Até o momento, cerca de 200 cadáveres foram recuperados e ainda há uma centena de desaparecidos.