Seleccione Edição
Login

Demolições deliberadas em Damasco

A Human Rights Watch lança um documento sobre as zonas arrasadas de Damasco e Hama. Estas imagens, algumas de satélite, são de antes e depois

  • Entre as imagens obtidas pela Human Rights Watch, está esta captura de um vídeo que mostra soldados e civis sírios que supervisionam a demolição com explosivos de um edifício de apartamentos no bairro Zahirat, em Damasco. O vídeo foi gravado no final de setembro 2012.
    1Entre as imagens obtidas pela Human Rights Watch, está esta captura de um vídeo que mostra soldados e civis sírios que supervisionam a demolição com explosivos de um edifício de apartamentos no bairro Zahirat, em Damasco. O vídeo foi gravado no final de setembro 2012. HRW
  • A HRW afirma em seu relatório que as demolições foram "ilegais" e "deliberadas". Nesta captura de vídeo, aparece a completa destruição do bairro Tadamun, em Damasco. Somente a mesquita de Ali bin Abi Talib (à esq) ficou de pé, embora com severos danos. O vídeo foi feito no dia 5 de novembro de 2012.
    2A HRW afirma em seu relatório que as demolições foram "ilegais" e "deliberadas". Nesta captura de vídeo, aparece a completa destruição do bairro Tadamun, em Damasco. Somente a mesquita de Ali bin Abi Talib (à esq) ficou de pé, embora com severos danos. O vídeo foi feito no dia 5 de novembro de 2012. HRW
  • Entre os melhores casos documentados pela ONG internacional está o bairro de Masha el Arbeen, em Hama, cidade considerada um reduto das forças opositoras ao presidente sírio Bachar el Asad. Imagem de satélite do bairro, do dia 28 de setembro de 2012.
    3Entre os melhores casos documentados pela ONG internacional está o bairro de Masha el Arbeen, em Hama, cidade considerada um reduto das forças opositoras ao presidente sírio Bachar el Asad. Imagem de satélite do bairro, do dia 28 de setembro de 2012. HRW
  • Imagem de satélite do bairro Masha el Arbeen, em Hama, do dia 3 de outubro de 2012, na qual aparecem grandes áreas destruídas (as manchas brancas) em comparação com a mesma imagem do dia 28 de setembro (foto anterior). O Governo sírio não dá assistência aos proprietários das casas e locais demolidos.
    4Imagem de satélite do bairro Masha el Arbeen, em Hama, do dia 3 de outubro de 2012, na qual aparecem grandes áreas destruídas (as manchas brancas) em comparação com a mesma imagem do dia 28 de setembro (foto anterior). O Governo sírio não dá assistência aos proprietários das casas e locais demolidos. HRW
  • Esta imagem de satélite do dia 13 de outubro de 2012 mostra a completa destruição da zona de edifícios residenciais do bairro Masha el Arbeen, em Hama. O Governo sírio afirma que as demolições são para eliminar os edifícios construídos ilegalmente, embora a HRW afirme que são para "castigar" os bairros que apoiam os opositores.
    5Esta imagem de satélite do dia 13 de outubro de 2012 mostra a completa destruição da zona de edifícios residenciais do bairro Masha el Arbeen, em Hama. O Governo sírio afirma que as demolições são para eliminar os edifícios construídos ilegalmente, embora a HRW afirme que são para "castigar" os bairros que apoiam os opositores. HRW
  • Para as demolições a larga escala, as forças governamentais sírias utilizaram explosivos e maquinaria pesada como escavadeiras, segundo o relatório da Human Rigths Watch. Na captura do vídeo -gravado entre 04 e 16 de fevereiro de 2013- aparece a destruição com explosivos de uma zona próxima à base aérea de Mezzé, uma periferia de Damasco.
    6Para as demolições a larga escala, as forças governamentais sírias utilizaram explosivos e maquinaria pesada como escavadeiras, segundo o relatório da Human Rigths Watch. Na captura do vídeo -gravado entre 04 e 16 de fevereiro de 2013- aparece a destruição com explosivos de uma zona próxima à base aérea de Mezzé, uma periferia de Damasco. HRW