FUTEBOL INTERNACIONAL

Mourinho confirma a saída de Mata para o Manchester United

"É uma boa decisão para Juan, é bom para a Premier League e a oferta é a correta", diz o técnico O Manchester pagará cerca de 45 milhões de euros pelo meia-atacante espanhol

Mata gesticula durante o jogo contra o Southampton.
Mata gesticula durante o jogo contra o Southampton.Eddie Keogh (Reuters)

"É uma boa decisão para Juan, é bom para a Premier League e a oferta é a correta". O meia-atacante espanhol Juan Mata, de 25 anos, é a partir de hoje novo jogador do Manchester United por 45 milhões de euros (148,5 milhões de reais). A confirmação foi feita nesta sexta-feira pelo técnico do Chelsea, José Mourinho, que aprovou a operação. O jogador assinará um contrato de quatro anos e meio com os Red Devils. É o contrato mais caro da história do United, superando o do atacante búlgaro Berbatov, em 2008, por 36 milhões ao Tottenham. Mata se torna também o segundo jogador espanhol mais caro da Premier: Fernando Torres custou 58 milhões de euros ao Chelsea ao deixar Liverpool. E no terceiro espanhol mais caro, depois do próprio Torres e Mendieta. David Moyes, técnico do Manchester, apostou em Mata porque entende que pode ser o 10 ideal para jogar logo atrás de Van Persie e de Rooney.

"É uma boa oferta, respeitosa conosco e com o valor do jogador. Permitirá que contratemos outro jogador que precisamos", incidiu Mourinho, que revelou a conversa que teve com o futebolista espanhol: "Perguntei se a oferta fazia ele feliz e ele me disse que sim. Estamos felizes de que tenha essa oportunidade fantástica, mas ao mesmo tempo estamos tristes e ele também um pouco."

O jogador espanhol não era imprescindível para Mourinho e corria o risco de perder o passaporte para a Copa do Mundo

O meia-atacante asturiano poderia ser o primeiro de uma longa lista de contratados do Manchester United, que se encontra em uma delicada situação dentro de campo depois de ter sido eliminado da Copa da Liga Inglesa pelo Sunderland eter sido goleado justamente pelo Chelsea na última rodada da Premier, por 3 a 1 - está a 14 pontos do líder Arsenal.

O meia-atacante foi eleito melhor jogador dos blues pelos torcedores do Chelsea nas últimas duas temporadas, mas não conseguiu confirmar sua titularidade com o regresso ao banco de reservas do técnico português José Mourinho. Mata foi titular em 11 dos 22 partidos da Premier, dos quais só conseguiu completar três.

Depois da irada reação do jogador ao ser substituído ante o Southampton, Mourinho não voltou a escalá-lo. "Minha porta e a do clube estão abertas para os jogadores que não querem seguir conosco", declarou o luso. 

Mata se formou nas categorias de base do Real Madrid. Em 2008 assinou com o Valencia e desde então não parou de crescer como jogador. Abramovich, dono do Chelsea, pagou por ele 28 milhões de euros em 2011. Em Stamford Bridge, seguiu seu curso em duas campanhas espetaculares. Ganhou a Liga dos Campeões e no ano seguinte a Liga Europa. Além disso, foi eleito um dos sete melhores jogadores da Premier em votação dos próprios atletas.

Agora, no Manchester United o espanhol tentará melhorar a sua nova equipe e somar minutos em campo visando à próxima Copa do Mundo, no Brasil.

Jogadores espanhóis mais caros

1. Fernando Torres, 26 anos (Liverpool-Chelsea em 2011) por 58 M€

2. Gaizka Mendieta, 27 anos (Valencia-Lazio em 2001) por 48 M€

3. Juan Mata, 25 anos (Chelsea-M. United em 2014) por 45 M€

4. Cesc Fábregas, 24 anos (Arsenal-Barcelona em 2011) por 40 M€

5. Javi Martínez, 23 anos (Athletic-Bayern Munique em 2012) por 40 M€

6. David Villa, 29 anos (Valencia-Barcelona em 2010) por 40 M€

7. Fernando Torres, 23 anos (Atlético-Liverpool em 2007) por 36 M€

8. Xabi Alonso, 27 anos (Liverpool-R. Madri em 2009) por 30 M€

9. David Silva, 24 anos (Valencia-M. City em 2010) por 30 M€

10. José Antonio Reyes, 20 anos (Sevilla-Arsenal em 2004) por 30 M€