Seleccione Edição
Login

Messi diz que dirigente do Barça não sabe nada de futebol

O jogador argentino dispara contra o vice-presidente econômico azul-grená, que disse que não era necessário renovar o contrato de La Pulga

"Lembro que nem eu nem ninguém de meu meio pedimos nenhum acréscimo nem renovação"

"Quer manipular o Barcelona como uma empresa, mas não é"

Messi, durante uma partida do Barcelona. Ampliar foto
Messi, durante uma partida do Barcelona. GETTY

As turbulências açoitam nestes dias o Barcelona. À margem da investigação aberta por Bruxelas pelas vantagens fiscais recebidas pelo clube por não se converter em Sociedade Anônima Desportiva, da pedido do contrato de Neymar pelo Supremo Tribunal e da vinculação de uma suposta trama de lavagem de dinheiro associada ao nome de Lionel Messi, hoje mais lenha foi lançada no fogo. Em declaração à emissora RAC 1, o jogador argentino respondeu com dureza o vice-presidente econômico do clube, Javier Faus, que há alguns dias disse que não era necessário revisar o contrato de La Pulga. Doído pela afirmação, o camisa 10 estourou: "O senhor Faus é uma pessoa que não sabe nada de futebol".

O Barcelona é um das maiores equipes do mundo e merece ser representado pelos melhores dirigentes também"

Messi, que está em Buenos Aires se recuperando de uma lesão, assegura que não solicitou uma melhoria de seu contrato. "Quer gerenciar o Barcelona como se fosse uma empresa, e não o é. O Barcelona é um das maiores equipes do mundo e merece ser representado pelos melhores dirigentes também. E lembro que nem eu nem ninguém do meu meio pedimos nenhum acréscimo nem renovação, e ele sabe  isso muito bem", disse o jogador, que respondeu a três perguntas gravadas pela RAC1.

Na semana passada, Faus foi perguntado pela mesma emissora se renovaria com Messi. E o executivo azul-grená respondeu: "Isto é um tema mais de Zubizarrera (secretário técnico) ou de Bartomeu (vice-presidente esportivo), ou de Rosell (presidente). Eu, do ponto de vista mais asséptico e mais frio, a um senhor que já teve o contrato renovado no ano passado, não tem por que renovar o contrato neste ano". Faus se referia deste modo tanto a Messi (que tem contrato até 2018), como a Xavi (2016) e a Puyol (2016). Os três já melhoraram previamente seu contrato já justamente um ano.

O que nós fizemos nestes jogos foi 100% beneficente"

Messi prossegue sua recuperação em Argentina, mas seu nome ganhou muita relevância nestes dias pelas informações que vinculam seu pai com uma rede de lavagem de dinheiro procedente da droga, feito que foi desmentido pela Policia Civil. "Não li nada diretamente. Minha família comentou o que foi dito e, a verdade, lamento profundamente o que se disse, não sobre mim, senão sobre pessoas que quero, como meu pai ou jogadores que são meus amigos. O que nós fizemos nestes jogos foi 100% beneficente", afirmou o camisa 10.

Sobre a ideia de separar seu pai do gerenciamento de seu patrimônio, o jogador é taxativo: "Estou unido a meu pai e a minha família no pessoal e no profissional. Se depender de mim, e enquanto ele queira, seguirá sendo o presidente de nossa empresa e da fundação. Como sempre disse, eu me dedico a jogar a futebol e ele a gerenciar meus interesses para além do campo, tentando selecionar os melhores profissionais e assessores que nos ajudam", concluiu em suas respostas.

MAIS INFORMAÇÕES