Seleccione Edição
Login
Copa do Mundo 2014

A FIFA anuncia um sorteio ‘dirigido’

O organismo junta as nove equipes europeias que não são cabeça de chave na roleta quatro e anuncia que fará um sorteio entre elas para decidir qual enfrentará Brasil, Colômbia, Argentina ou Uruguai

Como duas equipes europeias podem coincidir no mesmo grupo, a Espanha poderia cruzar já no início com a França, Holanda, Itália ou Inglaterra

Blatter, presidente da FIFA, na coletiva de imprensa.
Blatter, presidente da FIFA, na coletiva de imprensa. AFP

A FIFA anunciou hoje a composição dos nomes que estarão na roleta e o funcionamento do sorteio de sexta-feira que decidirá a formação dos oito grupos que vão começar a Copa do Brasil de 2014. O organismo uniu as nove equipes europeias que não são cabeça de chave na roleta quatro (Holanda, Itália, Inglaterra, Portugal, Grécia, Bósnia, Croácia, Rússia e França) e anunciou que fará um sorteio entre eles para decidir quem enfrentará o Brasil, Colômbia, Argentina ou Uruguai, evitando Espanha, Alemanha, Bélgica e Suíça. É um sorteio dirigido, que abre a possibilidade de que La Roja (a seleção espanhola) enfrente a França, Inglaterra, Itália ou Holanda. Além disso, no mesmo grupo não podem coincidir equipes africanas, asiáticas ou americanas, mas europeus (até um máximo de dois, por ser o continente mais representado, com 13 times).

As seleções participantes estarão divididas em quatro roletas. A primeira, na qual está a Espanha, será a das cabeças de série (Brasil, Alemanha, Argentina, Colômbia, Bélgica, Uruguai e Suíça); a segunda, a das equipes africanas e os dois restantes da América do Sul (Chile, Equador, Costa de Marfim, Gana, Argélia, Nigéria e Camarões); o terceiro o da Ásia e a CONCACAF (Japão, Irã, Coreia do Sul, Austrália, EUA, México, Costa Rica e Honduras); e o último o das equipes europeias (Holanda, Itália, Inglaterra, Portugal, Grécia, Bósnia, Croácia, Rússia e França). 

A principal novidade é a existência de uma roleta com nove equipes. Os europeus que não são cabeça de chave, e outro de sete, o das equipes africanas e os sul-americanos que não estão na roleta da Espanha. Na sexta-feira, segundo anunciaram os responsáveis pela FIFA, antes da elaboração dos grupos definitivos, será sorteada a equipe da roleta europeia que passa à segunda, para acabar assim com quatro grupos de oito seleções cada uma.

Outra novidade será a criação da chamada roleta x, em que vão estar o Brasil, Argentina, Colômbia e Uruguai. Na fase de grupos não poderão ser cruzar duas equipes do mesmo continente, salvo no caso das equipes europeias. Para evitar emparelhamentos de seleções da mesma confederação, as equipes sul-americanas que partem como cabeças de chave serão sorteadas em uma roleta diferente, que determinará quem enfrenta a equipe europeia deslocada à segunda roleta.

Perguntado sobre por que a FIFA recorrerá a um sorteio para mover uma das seleções europeias,  sem levar em consideração critérios futebolísticos, o presidente da FIFA, Joseph Blatter, assegurou que a decisão foi consensual no comitê executivo do organismo que preside. “Estamos em um sorteio, e, por isso, temos que sortear, não eleger equipes”, afirmou.

MAIS INFORMAÇÕES