Seleccione Edição
Login

Genoino recebe alta e deixa hospital em Brasília

Ex-presidente do PT estava internado desde quinta-feira. Ele foi preso por corrupção ativa e formação de quadrilha no julgamento do mensalão

José Genoino no dia da sua detenção.
José Genoino no dia da sua detenção. EFE

O ex-presidente do PT José Genoino recebeu alta e deixou o Instituto de Cardiologia do Distrito Federal às 6h30 (horário de Brasília) deste domingo. O deputado federal licenciado estava internado desde a última quinta-feira, quando passou mal.

Segundo o hospital, que fica em Brasília, Genoino “apresentou melhora dos níveis de pressão arterial e dos parâmetros de coagulação sanguínea”. O político passou por uma cirurgia no coração em junho.

Antes de seguir para o hospital, Genoino se encontrava preso desde o último dia 15. Ele foi condenado a uma pena total de 6 anos e 11 meses de prisão por corrupção ativa e formação de quadrilha no julgamento do mensalão.

O deputado licenciado deverá ficar em prisão domiciliar até uma nova decisão definitiva do Supremo Tribunal Federal em relação ao tipo de detenção que terá de cumprir. O Supremo aguarda os resultados dos exames sobre a saúde do deputado petista para saber se ele vai cumprir sua pena na penitenciária ou se poderá exercer a prisão domiciliar.