Atentados em Paris

Ódio ao lazer

No comunicado no qual o Estado Islâmico reivindica os atentados, justifica-se o ataque a Paris por considerá-la a “capital das abominações e da perversão”