Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Até Justin Bieber canta ‘Despacito’, a música latina do ano

Cantor canadense publica versão da música latina mais popular de 2017

Despacito Justin Bieber
Justin Bieber durante um show. REUTERS

Justin Bieber se aventurou a cantar algumas palavras em espanhol no remix oficial de Despacito, o hit de Luis Fonsi e Daddy Tankee que obteve mais de um bilhão de reproduções no YouTube e 2,5 milhões no serviço de música comercial em streaming Spotify. O cantor canadense deu a notícia nesta segunda-feira em sua conta do Instagram. O porto-riquenho também compartilhou a nova versão na plataforma Vevo, que em menos de uma hora conseguiu meio milhão de visualizações.

Embora Justin Bieber comece Despacito cantando em inglês, seus versos em castelhano são os que mais chamam a atenção dos fãs do mundo latino. Com um “Despacito, quiero respirar tu cuello, despacito” [Devagarinho, quero respirar seu pescoço devagarinho], Bieber provavelmente revitalizará esse sucesso composto por Fonsi e a cantora panamenha Erika Ender com um toque de seu compatriota Daddy Yankee, conhecido como o “Rei do Reggaeton”. Despacito foi a número um em 16 países, e essa nova interpretação provavelmente dará impulso ao single no mundo anglo-saxão.

Ao se tornar a canção latina mais relevante de 2017, Despacito marcou a volta de Luis Fonsi ao grande palco da cena musical. A composição faz parte de seu oitavo disco, Tierra Firme. “Minha prioridade sempre foi criar uma música cheia de alegria, movimento e sensualidade, para que, quando o mundo inteiro a escutasse, não tivesse outra opção a não ser dançá-la e cantá-la”, disse o cantor, referindo-se a um de seus maiores sucessos profissionais.

MAIS INFORMAÇÕES