Google

Google fica temporariamente fora do ar no mundo todo

Serviços como Gmail e YouTube já foram restaurados. Empresa afirma que investiga falha que afetou seu sistema de autenticação por cerca de 45 minutos

Reprodução de tela do Youtube indicando o problema no acesso
Reprodução de tela do Youtube indicando o problema no acesso

Os principais serviços da Alphabet (Google, Gmail, Google Docs, YouTube e o armazenamento em nuvem) ficaram temporariamente fora do ar ao redor do mundo nesta manhã de segunda-feira. Em poucos minutos, um grande número de usuários relatou os problemas nas redes sociais. O serviço foi restaurado por volta das 9h30 (horário de Brasília).

Servicios interrumpidos de Google
Servicios interrumpidos de GoogleDowndetector

Em nota, o porta-voz do Google afirmou que houve uma queda em seus sistema de autenticação que durou cerca de 45 minutos, em razão de um “problema de gestão interna da cota de armazenamento”. Dessa forma, os serviços que requerem login de usuários apresentaram falhas.

“O erro de autenticação foi resolvido às 9h32. Todos os serviços estão restaurados. Pedimos desculpas aos afetados e iremos conduzir uma revisão minuciosa para garantir que isso não ocorra novamente no futuro”, declarou a empresa.

Mapa com lugares onde foram informadas falhas no Google às 9h desta segunda-feira.
Mapa com lugares onde foram informadas falhas no Google às 9h desta segunda-feira. Downdetector

A queda afetou os usuários que tentaram acessar esses serviços tanto de computadores quanto de celulares. De acordo com o site Downdetector, que monitora em tempo real problemas e interrupções em todos os tipos de serviços da Internet, a maioria dos problemas foi registrada no Gmail, embora todas as principais plataformas tenham sido afetadas. A maioria dos problemas registrados ocorreu na Europa, segundo a Downdetector, mas também foram sentidos no Brasil e nos Estados Unidos. Usuários comentaram a interrupção no Twitter, e o assunto entrou nos trending topics.

Não é a primeira queda que o Google sofre este ano. Em agosto houve uma queda global no serviço que foi resolvida após sete horas de acordo com a gigante da tecnologia. Na ocasião, os principais problemas enfrentados pelos usuários foram a impossibilidade de anexar documentos a seus e-mails no Gmail, a dificuldade de fazer videochamadas com o Meet e de acessar e editar seus arquivos no Google Drive. A empresa também detalhou que alguns usuários tiveram problemas para enviar mensagens no Google Chat e adicionar novas páginas ao Sites.

Apesar do enorme aumento no uso da Internet nos últimos meses devido à transferência de grande parte do trabalho e das aulas para as residências, as redes globais de tecnologia têm passado no teste com louvor. Mas, exatamente por causa dessa maior dependência dos serviços digitais, qualquer falha como a de hoje no Google, causa um transtorno muito maior.

Arquivado Em:

Mais informações

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50