Irmã Dulce é canonizada pelo Papa e se torna a Santa Dulce dos Pobres

Em cerimônia no Vaticano neste domingo, a freira baiana se torna a primeira santa nascida no Brasil depois de ter dois milagres reconhecidos pela Igreja católica

Coluna

Irmã Dulce, símbolo de um Brasil que está se esquecendo dos pobres

Nunca teve escrúpulos em bater à porta dos políticos importantes do seu tempo, mas sempre para suplicar recursos para os mais abandonados

A multiplicação do gasto público para a canonização de Irmã Dulce

Aos menos 39 autoridades viajarão a Roma para cerimônia, no domingo. Só em diárias, o gasto é de 186.000 reais. Custos devem aumentar exponencialmente se calculados deslocamento e hospedagens, que não foram informados pelos principais poderes