Seleccione Edição
Eclipse lunar e superlua, assim se viu o duplo espetáculo na América

Eclipse lunar e superlua, assim se viu o duplo espetáculo na América

10 fotos

O eclipse, que coincidiu com a maior e mais brilhante superlua do ano, pôde ser observado na madrugada desta quarta-feira de várias regiões da América do Norte e América Latina

  • Santiago de Chile durante el eclipse lunar
    1Imagem panorâmica de Santiago do Chile durante o eclipse lunar. A última vez que ocorreu um fenômeno semelhante ao observado esta manhã foi há mais de 400 anos. AP
  • eclipse lunar total fue visible en el oeste continental
    2O eclipse lunar total foi visível no oeste dos Estados Unidos e Canadá, em todo o México, na maior parte da América Central, em algumas regiões da Colômbia e Equador, no oeste do Peru e no sul do Chile e Argentina. Na imagem, o fenômeno visto de Santiago do Chile. AFP
  • eclipse lunar esta madrugada
    3Um ciclista tira uma foto do eclipse lunar esta manhã em Santiago do Chile. AFP
  • la Luna de esta madrugada se tornó rojiza con el eclipse lunar
    4Além de ser enorme e brilhante, a Lua esta manhã ficou avermelhada. Juan Diego Soler, astrofísico do Instituto Max Planck, na Alemanha, afirma que a luz vista na superfície da Lua é aquela produzida pelo Sol depois de passar pela atmosfera terrestre. Na imagem, a superlua vista de uma praia em Santa Monica, Califórnia. AP
  • superluna
    5Da NASA, eles explicam que, quando há uma superlua, o efeito visual criado nos faz ver a lua da Terra 14% maior do que geralmente a vemos. AFP
  • superluna de la madrugada en Estados Unidos
    6Um pescador no rio Missouri, em Kansas City, iluminado pela superlua da madrugada desta quarta-feira. AP
  • O show duplo começou às 06h45, horário do Brasília, e atingiu o pico às 08h11, quando os observadores puderam ver uma Lua cheia completamente vermelha por 15 minutos. Na imagem, a lua superlua vista de Santa Monica, EUA. Infelizmente, os brasileiros não foram privilegiados com a visão do fenômeno em sua amplitude.
    7O show duplo começou às 06h45, horário do Brasília, e atingiu o pico às 08h11, quando os observadores puderam ver uma Lua cheia completamente vermelha por 15 minutos. Na imagem, a lua superlua vista de Santa Monica, EUA. Infelizmente, os brasileiros não foram privilegiados com a visão do fenômeno em sua amplitude. AP
  • Um casal observa o fenômeno astronômico do Observatório Griffith em Los Angeles.
    8Um casal observa o fenômeno astronômico do Observatório Griffith em Los Angeles. EFE
  • O eclipse lunar foi visto com grande clareza na Cidade do México. Os especialistas explicaram que quanto mais poeira ou nuvens na atmosfera da Terra durante o eclipse, mais vermelha a Lua pareceria.
    9O eclipse lunar foi visto com grande clareza na Cidade do México. Os especialistas explicaram que quanto mais poeira ou nuvens na atmosfera da Terra durante o eclipse, mais vermelha a Lua pareceria. Reuters
  • A superlua ilumina a cidade de San Diego, Califórnia.
    10A superlua ilumina a cidade de San Diego, Califórnia. Reuters