Seleccione Edição
Login
Protesto pelo ataque em Teerã, nesta sexta-feira.
Protesto pelo ataque em Teerã, nesta sexta-feira. EFE

Os protestos pelo assassinato do general iraniano Soleimani, em imagens

6 fotos

Tensão máxima no Oriente Médio após a confirmação do Pentágono do ataque que matou um dos homens fortes de Khamenei

  • Dezenas de milhares de pessoas foram às ruas de Teerã na sexta-feira para protestar contra os "crimes" dos Estados Unidos, após a morte de um comandante iraniano em um bombardeio dos EUA em Bagdá. Na foto, um grupo de mulheres protestou durante a oração de sexta-feira em Teerã (Irã).
    1Dezenas de milhares de pessoas foram às ruas de Teerã na sexta-feira para protestar contra os "crimes" dos Estados Unidos, após a morte de um comandante iraniano em um bombardeio dos EUA em Bagdá. Na foto, um grupo de mulheres protestou durante a oração de sexta-feira em Teerã (Irã). VIA REUTERS
  • Com slogans como "morte aos Estados Unidos" e cartazes com a foto do general assassinado, Qasem Soleimani, manifestantes encheram as ruas do centro de Teerã após as orações de sexta-feira.
    2Com slogans como "morte aos Estados Unidos" e cartazes com a foto do general assassinado, Qasem Soleimani, manifestantes encheram as ruas do centro de Teerã após as orações de sexta-feira. EFE
  • Soleimani, que morreu na sexta-feira, estava à frente da força Al Quds, encarregada de operações estrangeiras dentro dos Guardiões da Revolução, um exército ideológico iraniano. Na foto, um grupo de manifestantes queima uma bandeira dos Estados Unidos, nesta sexta-feira em Teerã.
    3Soleimani, que morreu na sexta-feira, estava à frente da força Al Quds, encarregada de operações estrangeiras dentro dos Guardiões da Revolução, um exército ideológico iraniano. Na foto, um grupo de manifestantes queima uma bandeira dos Estados Unidos, nesta sexta-feira em Teerã. EFE
  • Os manifestantes gritavam palavras de ordem como "o eixo do mal são os Estados Unidos" e "morte aos Estados Unidos". Na foto, vários participantes dos protestos lamentam a morte do general Soleimani na capital iraniana.
    4Os manifestantes gritavam palavras de ordem como "o eixo do mal são os Estados Unidos" e "morte aos Estados Unidos". Na foto, vários participantes dos protestos lamentam a morte do general Soleimani na capital iraniana. VIA REUTERS
  • O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, pediu "vingança severa" pela morte de Soleimani, na pior escalada de uma temida guerra entre o Irã e os Estados Unidos em solo iraquiano. Na foto, um momento de protestos em massa em Teerã.
    5O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, pediu "vingança severa" pela morte de Soleimani, na pior escalada de uma temida guerra entre o Irã e os Estados Unidos em solo iraquiano. Na foto, um momento de protestos em massa em Teerã. AFP
  • A agência oficial Irna informou que manifestações semelhantes ocorreram em outros locais iranianos, como Arak, Bojnurd, Hamedan, Hormozgan, Sanandaj, Semnan, Chiraz e Yazd. Também houve protestos em outros países da região, como os coletados nesta fotografia, realizados na capital iraquiana, Bagdá.
    6A agência oficial Irna informou que manifestações semelhantes ocorreram em outros locais iranianos, como Arak, Bojnurd, Hamedan, Hormozgan, Sanandaj, Semnan, Chiraz e Yazd. Também houve protestos em outros países da região, como os coletados nesta fotografia, realizados na capital iraquiana, Bagdá. AFP