Seleccione Edição
Login
chile

Os olhares feridos nos protestos no Chile

9 fotos

Mais de 200 pessoas foram feridas nos olhos por disparos de armas de fogo ou balas de borracha durante as recentes manifestações no país

  • Jean Espinoza, 22 anos, foi atingido no olho com um tiro enquanto protestava em Iquique, no Chile.
    1Jean Espinoza, 22 anos, foi atingido no olho com um tiro enquanto protestava em Iquique, no Chile. REUTERS
  • Nelson Iturriaga, 43, é examinado no Hospital de Santiago para determinar a gravidade de sua lesão.
    2Nelson Iturriaga, 43, é examinado no Hospital de Santiago para determinar a gravidade de sua lesão. AFP
  • César Callozo é um trabalhador da construção civil e cantor. Ele foi a uma revisão em um hospital em Santiago, no Chile.
    3César Callozo é um trabalhador da construção civil e cantor. Ele foi a uma revisão em um hospital em Santiago, no Chile. AFP
  • Ybar Soto, de 29 anos, posa em sua casa em Santiago, no Chile. Ele perdeu a visão total do olho depois de ser ferido nos protestos.
    4Ybar Soto, de 29 anos, posa em sua casa em Santiago, no Chile. Ele perdeu a visão total do olho depois de ser ferido nos protestos. REUTERS
  • Manifestantes do lado de fora do Palácio presidencial La Moneda, em Santiago do Chile, exigem que o Governo de Sebastián Piñera interrompa o uso de balas de borracha.
    5Manifestantes do lado de fora do Palácio presidencial La Moneda, em Santiago do Chile, exigem que o Governo de Sebastián Piñera interrompa o uso de balas de borracha. AFP
  • Nelson Iturriaga foi ferido durante os protestos que começaram com o aumento da passagem do metrô e se tornaram uma ampla manifestação popular contra o governo de Sebastián Piñera.
    6Nelson Iturriaga foi ferido durante os protestos que começaram com o aumento da passagem do metrô e se tornaram uma ampla manifestação popular contra o governo de Sebastián Piñera. AFP
  • Jean foi diagnosticado com perda parcial da visão no olho por causa dos danos causados ​​por um tiro durante os protestos.
    7Jean foi diagnosticado com perda parcial da visão no olho por causa dos danos causados ​​por um tiro durante os protestos. REUTERS
  • O Instituto Nacional de Direitos Humanos do Chile apresentou 350 acusações criminais contra policiais pelos ferimentos que infringiram aos manifestantes.
    8O Instituto Nacional de Direitos Humanos do Chile apresentou 350 acusações criminais contra policiais pelos ferimentos que infringiram aos manifestantes. REUTERS
  • O estudante Carlos Vivanco, de 18 anos, foi ferido durante os protestos em Santiago. Mais de um mês após o início das manifestações, o Governo não ofereceu uma solução às demandas dos manifestantes.
    9O estudante Carlos Vivanco, de 18 anos, foi ferido durante os protestos em Santiago. Mais de um mês após o início das manifestações, o Governo não ofereceu uma solução às demandas dos manifestantes. AFP